Graças a uma doação de 200.000 euros do Papa Francisco – quantia recebida após o leilão do Lamborghini doado pelo Santo Padre – a ACN poderá tornar realidade dois novos projetos em favor das famílias cristãs iraquianas e outras minorias que retornaram às suas casas na Planície de Nínive.

Em 15 de novembro de 2017, o Santo Padre decidiu doar à ACN parte do dinheiro obtido com o leilão do Lamborghini Huracan. O carro havia sido doado ao Papa pela famosa montadora italiana. Agora, a ACN dará forma concreta ao gesto do Papa ao financiar a reconstrução de dois edifícios da Igreja Católica Siríaca. Ambos haviam sido destruídos pela guerra: a Creche Nossa Senhora e o salão paroquial dedicado também à Nossa Senhora.

Os dois edifícios estão na aldeia de Bashiqa, a apenas 30 km de Mosul. Anteriormente, a vila havia sido seriamente danificada durante a guerra. No entanto a comunidade cristã retornou, e em grande número. De fato, 405 das 580 casas que foram destruídas já foram reconstruídas. Também cerca de 50% dos cristãos, ou 1.585 pessoas, já retornaram.

Beneficiando outras minorias

Os dois projetos serão financiados com o dinheiro obtido do leilão do Lamborghini. Assim, outras minorias da cidade também se beneficiarão. É que o salão paroquial, que tem capacidade para mais de 1.000 pessoas, será usado para casamentos e festas religiosas de todas as diferentes comunidades. Será o maior salão desse tipo na região. Como resultado estará disponível para mais de 30.000 pessoas de diferentes religiões e grupos étnicos.

Faz um pouco mais de dois anos que as aldeias da Planície de Nínive tiveram sua liberdade. No entanto, o número de cristãos que puderam retornar às suas casas excedeu até mesmo as previsões mais otimistas. Em 11 de janeiro deste ano, pelo menos 9.108 famílias haviam retornado para suas aldeias. Este número representa quase 46% das 19.832 famílias que moravam lá em 2014, antes da chegada do grupo Estado Islâmico (EI). Tudo isso é fruto do imenso trabalho de reconstrução para o qual a ACN contribuiu grandemente. Foi esse mesmo trabalho que tornou possível até agora reconstruir ou recuperar cerca de 41% das 14.035 casas destruídas ou danificadas pelo EI.

O Papa Francisco como um benfeitor

A Fundação Pontifícia ACN desempenhou um papel importante em colaboração com as Igrejas locais para essa ação. Também encontrou um generoso benfeitor na pessoa do Santo Padre. Já em 2016, o Papa Francisco doou 100.000 euros em apoio à “Clínica de Caridade São José” em Erbil. A clínica oferece assistência médica gratuita.

Este presente mais recente do Santo Padre será uma ajuda adicional aos cristãos locais. De fato o projeto ajudará os cristãos a viver a própria fé. Ao mesmo tempo o projeto oferece aos seus filhos um futuro no Iraque. Em suma, é uma mensagem poderosa e um convite à coexistência pacífica entre as diferentes religiões em uma região onde o fundamentalismo, infelizmente, causou sérios danos às relações inter-religiosas.

Desde 2014 – quando a Planície de Nínive foi invadida pelo EI – até hoje, a ACN ajudou mais de 200 projetos para os cristãos iraquianos.