Elas vivem apenas de doações, fiéis à palavra de Cristo: “De graça recebestes, de graça dai!” (Mt 10,8).

A passagem bíblica acima é de quando Cristo envia os discípulos para curar doentes e expulsar demônios. Para as “Dominicanas Enfermeiras do Imaculado Coração de Maria”, faz parte da vocação cuidar dos doentes e necessitados. A Providência cuida do resto. Foi dessa maneira que elas viveram em Thies, no Senegal, durante 36 anos. Depois, em 1992, elas tiveram que voltar para a sede da congregação na França. Mas o povo de Thies não se esqueceu delas e esperou pelo dia do retorno das Irmãs: mantiveram estreito contato com elas e disponibilizaram um terreno para a congregação.

As irmãs, enfim, voltaram depois de 25 anos, primeiramente por algumas semanas, depois meses, e agora querem permanecer em definitivo: será construído um convento perto do Centro Ambulatorial de Saint Dominique, no terreno disponibilizado pela paróquia de Saint Pierre. Nas dependências do convento as Irmãs também irão dedicar-se aos outros aspectos de seu carisma: oração, vida comunitária e evangelização. Sobretudo crianças e jovens poderão realizar ali os seus retiros e encontros.

A construção do convento é um ato corajoso, uma vez que a única fonte de renda das Irmãs vem de doações. Elas pedem ajuda à ACN para construção e confiam seu pedido ao Imaculado Coração de Maria. Este nunca deixou de atendê-las.

Você pode ajudar? Para doar, clique aqui.