versão para impressão

A evangelização durante a pandemia

11 de agosto de 2020

A cidade de Chaves está localizada na Ilha do Marajó, no extremo norte do Pará. Para chegar até Chaves só é possível de monomotor ou em embarcações de madeira vindas de Macapá, uma viagem de 8 horas. É nesta cidade que a ACN está ajudando os missionários da comunidade Shalom a manter a evangelização durante a pandemia de Covid-19.

Em Chaves, a comunidade Shalom é formada por 8 missionários. Dilma dos Santos, responsável pela missão, nos conta que “muitas famílias se mantêm apenas da pesca ou do cultivo do açaí. Outras opções são o trabalho informal e o serviço braçal. A escolaridade é outra questão preocupante. A maioria dos jovens faz apenas o ensino médio, e o índice de analfabetismo ainda é alto.”

A Ilha do Marajó foi muito afetada pela Covid-19. Em Chaves, as pessoas infectadas estão sendo tratadas em casa, já que não há hospital na cidade, que permanece em quarentena. Quando os missionários precisam sair para alguma urgência, como atender uma comunidade em necessidade, eles vão bem protegidos, com máscaras e os demais cuidados.

Uma nova forma de evangelização

O Shalom se adaptou a essa nova forma de evangelizar e, assim, mesmo de casa, não deixaram de dar a devida assistência às famílias mais carentes. “Nós montamos um plantão de aconselhamento pelo telefone para ajudar as pessoas que neste momento se sentem isoladas”. Os missionários também promovem pela internet os grupos de oração, o terço da misericórdia, a vigília e muitas outras iniciativas.

A ajuda que o Shalom está recebendo da ACN é muito importante para que a evangelização não pare. Por isso mesmo, a comunidade é muito grata aos benfeitores da ACN: “Caro benfeitor, queremos em nome de toda comunidade católica Shalom apresentar nossa gratidão. Queremos, diante de Deus, reconhecer que você é um grande instrumento para essa obra de evangelização. Agradecemos profundamente a Deus e louvamos pela sua vida e pelo seu coração generoso em partilhar com aqueles que mais precisam. Deus abençoe a cada um de vocês, suas famílias e seus trabalhos”.

Desde o início da pandemia a ACN está ajudando missionários no mundo todo, inclusive no Brasil, a socorrerem os que mais precisam. Para que este trabalho essencial continue, precisamos da sua doação.

Leave A Comment