versão para impressão

Seminaristas terão ajuda para a formação

3 de maio de 2021

O seminário arquidiocesano de Praga é um dos apenas dois seminários na República Tcheca. Atualmente, no local, 15 seminaristas terão ajuda para a formação. Eles são de cinco dioceses diferentes e estão em formação para o sacerdócio.

A futura tarefa dos jovens como sacerdotes não será fácil. Afinal 34% da população não professam nenhuma denominação religiosa e outros 44% não dão nenhuma indicação de afiliação religiosa. A República Tcheca é um dos países mais ateus da Europa. Apenas 10,4% da população são católicos, enquanto outros 11% pertencem a outras denominações cristãs.

No entanto, onde as pessoas encontraram seu caminho para a fé, existem muitas comunidades que vivem com suas famílias jovens. Consequentemente, os padres são necessários com urgência.

Seminaristas terão ajuda para se manterem na fé

Esses futuros padres já tiveram a oportunidade, durante a pandemia do coronavírus, de dar testemunho de sua fé católica ao povo de seu país. Eles têm visitado os hospitais, prestando um serviço excepcional aos doentes. Além disso, ajudam na confecção de máscaras faciais de proteção para as pessoas usarem.

A República Tcheca é um dos países mais gravemente afetados pela pandemia, tanto na Europa quanto, mais recentemente, no mundo. De acordo com dados oficiais, em meados de março de 2021 cerca de 1,45 milhão de pessoas haviam sido infectadas em uma população de 10,6 milhões. Ou seja, quase uma pessoa em cada sete, ficou doente.

O Arcebispo de Praga, Cardeal Dominic Duka, concedeu ao seminário de Praga a Medalha de Ouro de Santo Adalberto, em reconhecimento aos atos de serviço corajosos e abnegados de seus seminaristas. A ACN apoia estes padres na sua formação no seminário de Praga, como faz regularmente.

Leave A Comment