versão para impressão

Semeando o Evangelho entre os indígenas

5 de fevereiro de 2021

Há quase um ano, no dia 15 de março de 2020, poucos dias antes do isolamento social imposto pelo coronavírus, acontecia uma das últimas celebrações com a presença do povo na região amazônica: a ordenação do primeiro diácono permanente da etnia Ticuna, Antelmo Pereira Ângelo. Uma curiosidade é que, nas mãos de Antelmo estava uma Bíblia da Criança na língua Ticuna, mais um projeto da ACN.

“Eu ajudei a traduzir essa Bíblia”, contou à ACN o Diácono Antelmo. “Nós rezamos muito em Ticuna. Essa Bíblia é muito importante para as crianças e também para os adultos.” O Diácono Antelmo, pai de nove filhos e professor, disse que sempre quis realizar algo de bom em sua vida. Alguém sugeriu que ele se tornasse vereador, mas Antelmo sentiu no seu coração que a voz que o chamava para praticar o bem vinha de um lugar bem mais alto: “Deus me chamou para escutar e levar Sua Palavra como diácono.”

Semeando o Evangelho na língua materna

A ideia de traduzir a Bíblia da Criança para o Ticuna começou há 15 anos, como conta o Frei Paolo Braghini – missionário capuchinho que vive na Diocese do Alto Solimões, perto da fronteira do Brasil com o Peru e a Colômbia: “Começamos esse processo de inculturação e sentimos a necessidade de viver a fé na língua materna pois, em português, o povo não entendia quase nada. Um dia, em uma formação com mais de 100 catequistas, estava aqui o Frei Gino Alberati com uma Bíblia da Criança em português. Ele disse: ‘Por que não traduzimos essa Bíblia da Criança
para o Ticuna?’ Começamos então um trabalho com os Ticunas e a ACN. Ficou pronta em 2019”.

Ainda segundo Frei Paolo, a evangelização é sempre melhor na língua materna: “A maioria do povo não sabe ler em português, mas as novas gerações já sabem ler na língua Ticuna. É belo ver como eles seguram com carinho essa Bíblia nas mãos, porque é deles. Em muitas comunidades os catequistas se preparam dias antes, lendo essa Bíblia, para depois contar as histórias às criancinhas. Está ajudando imensamente na evangelização.”

Vidas transformadas por meio da Palavra de Deus

Os Ticunas têm consciência que a Bíblia da Criança é um dom de Deus. “Quem olha uma Bíblia assim pequenina não tem noção do quanto este livro é importante. Nós estamos em uma sociedade indígena flagelada pelo alcoolismo e pela droga. Eles caem facilmente na violência e têm muitos suicídios entre os jovens. Essa Bíblia é a Palavra de Deus que está sendo semeada de verdade no coração deles. Obrigado a cada benfeitor e benfeitora. Esse livro é um bem para este povo neste momento histórico tão delicado. Deus abençoe e leve nosso abraço infinito a todos os
irmãos e irmãs da ACN.”

Ajudar a ACN é também semear o Evangelho. Os frutos surgem em forma de vocações e vidas transformadas por terem contato com a Palavra de Deus. A Bíblia da Criança precisa ser traduzida ainda para muitos outros povos. Contamos com a sua doação para que mais pessoas possam conhecer a Deus em sua própria língua.

Leave A Comment