Quando você realiza uma doação para a ACN, você está respondendo à necessidade de um cristão em algum lugar do mundo. Veja o exemplo do Padre Henry Magbity.

O Padre está em Serra Leoa, um dos países com o menor IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) do mundo. Na época da epidemia do Ebola, ele pediu um carro à ACN para visitar suas 45 comunidades. Devido à epidemia, “ninguém visitava ninguém”, apenas a Igreja continuava a ir ao encontro das pessoas. Em seu pedido de ajuda ele escreveu: “‘Eu estava doente e você cuidou de mim’. O veículo solicitado apoiará o crescimento de nossas comunidades, especialmente neste momento de crise e medo de morte prematura. O veículo nos ajudará a olhar para nossas vidas com confiança e esperança no Senhor. Estamos comprometidos em visitar nossas diferentes comunidades e trazer-lhes palavras de encorajamento, alívio e oração.”

A ACN aprovou o projeto e o Padre Henry relatou dizendo que o veículo é chamado por todos de “carro milagroso”, pois ele também já salvou vidas. Graças ao carro novo, o Padre Henry pôde salvar vidas de mulheres gestantes e crianças, levando-as ao hospital mais próximo, que fica a 28 km de distância. “Este carro nos trouxe muita felicidade e muitas bênçãos, especialmente para as famílias mais pobres. Muitos acreditam que Deus enviou o carro através dos benfeitores, para aprendermos, com o exemplo de sua generosidade, que devemos ser generosos com os outros.” E assim o Padre agradece, duas vezes, em nome de todos os fiéis da paróquia: uma vez pelo carro e pelo serviço que presta, e também porque é um lembrete constante de generosidade.