versão para impressão

Destruição gigantesca no Líbano

20 de agosto de 2020

A destruição gigantesca no Líbano é assustadora. Para mostrar sua solidariedade ao povo libanês, a ACN em colaboração com CNEWA/Missão Pontifícia e Caritas Líbano, irá doar alimentos para mais de 5.000 famílias de Gemmayze, em Beirute, e para Dbayeh, no Monte Líbano. Alguns dos parceiros locais, que vão cooperar na distribuição das embalagens alimentares, explicaram a situação que estão passando. Clique aqui para realizar a sua doação e ajudar os quem mais sofrem as consequências dessa explosão no Líbano.

“A explosão nos abalou”, disse a Irmã Rita Khoury, das Filhas da Caridade, uma das congregações apoiadas pelo projeto. Elas administram um posto de saúde para proteção materna e infantil desde 1959. Fica na cidade costeira de Achrafieh, Beirute, no subúrbio pobre de Karm el Zeitoun, onde as pessoas precisam de ajuda.

Irmã Rita e um grupo de funcionários e voluntários têm estado, desde a explosão, caminhando pelas ruas estreitas do bairro Karm el Zeitoun, densamente povoado, tentando avaliar as necessidades e ajudar as pessoas. “Afinal, as casas dos nossos funcionários e de todos os residentes da área foram danificadas. Os 5 centros da congregação, incluindo 2 escolas localizadas em Achrafieh, também foram gravemente danificados e, infelizmente, perdemos uma irmã na explosão ”.

Destruição gigantesca também nas proximidades da explosão no Líbano

Ashrafieh é um dos bairros mais antigos de Beirute, com milhares de estruturas antigas. A apenas 2 km do porto de Beirute, prédios e casas foram danificados com janelas e portas quebradas, móveis e equipamentos destruídos. Ao norte de Ashrafieh também estão duas áreas pobres que tiveram sua parcela de danos; Bourj Hammoud e Nabaa. Essas áreas são densamente povoadas por libaneses carentes, refugiados vulneráveis e trabalhadores migrantes marginalizados.

O parceiro de projeto da ACN, CNEWA / Missão Pontifícia, apoia dois postos de saúde relacionados à Igreja; Centro sócio médico Karagheusiano e Posto intercomunitário sócio médico que presta assistência médica e social a mais de 7.000 pessoas necessitadas. O centro Karagheusian também será beneficiado com a ajuda de emergência.

“A explosão aconteceu às 18 horas. Se tivesse acontecido 3 horas antes, nossos pacientes, eu e minha equipe já estaríamos mortos! Recebemos 250 pacientes pela manhã com uma equipe de 50 funcionários. Não posso imaginar como teria sido a situação. O centro está muito danificado. Meu escritório está totalmente destruído, perdemos 25 janelas, 15 portas, teto, vários laptops, uma copiadora etc… ” disse Serop Ohanian, o diretor do centro sócio médico Karagheusian.

Cenário de guerra

“Ao longo dos 15 anos de guerra civil, nunca havíamos testemunhado tamanha destruição no Líbano. Nenhuma casa, nenhuma loja, nenhuma instituição foi poupada de danos”, disse a Irmã Marie Justine el Osta, da congregação Maronita das Irmãs da Sagrada Família. Ela é diretora do centro intercomunitário sócio médico.

O posto de saúde será um dos distribuidores dos alimentos. Ele está localizado na área de Nabaa, conhecido por ser um distrito pobre do leste de Beirute. No local existem comunidades mistas, predominantemente cristãos deslocados do Monte Líbano e de outras partes do país durante a guerra civil. Além disso, há um grande número de trabalhadores estrangeiros (sírios, egípcios, iraquianos, cingaleses, filipinos…) que procuram abrigo em pequenos alojamentos. “Três dos nossos funcionários sofreram ferimentos enquanto estavam em suas casas. O posto de saúde está danificado. Quase todas as janelas estão quebradas, portas de madeira e até portas de aço estão danificadas.

Centenas de casas nas proximidades do posto foram danificadas. São as casas de nossos pacientes e de pessoas pobres que procuram assistência médica, alimentação e roupas. Eles não podem consertar o que está quebrado, principalmente com a atual crise econômica e financeira do país. Graças a Deus que o tempo está bom agora, mas daqui a alguns meses pode chover e então será uma catástrofe. Essas pessoas precisam urgentemente de apoio, pois não podem fazer os reparos por conta própria. Além disso, estão sem trabalho, dinheiro e comida”, disse Irmã Marie Justine.

ACN envia ajuda para o Líbano

Assim que a ACN soube da explosão no Líbano, foi pensado a melhor forma de ajudar urgentemente as vítimas dessa tragédia. Além de assegurar a oração pelas vítimas e suas famílias, a ACN se compromete a ajudar os que mais sofrem neste momento. Sobretudo, a ACN está socorrendo 5.000 famílias que necessitam do básico para sobreviver. Como sempre, a ACN conta com as doações de todos aqueles que desejam ajudarPara realizar a sua doação, basta clicar aqui.

Leave A Comment