//Marido de Asia Bibi pede ajuda via ACN ao governo italiano

Marido de Asia Bibi pede ajuda via ACN ao governo italiano

2018-11-09T08:43:23+00:00novembro 7th, 2018|Notícias|

“Eu apelo ao governo italiano para ajudar minha família a sair do Paquistão”. Este é o pedido dramático que Ashiq Masih, o marido de Asia Bibi, fez por telefone para a Fundação Pontifícia ACN. Enquanto sua esposa permanece na prisão esperando pelo alvará de soltura, a família vive com medo. Os protestos dos fundamentalistas que continuam a exigir sua execução forçaram os parentes de Asia Bibi a se limitarem a um lugar seguro na casa. Nos últimos dias, Saif ul-Malook, o advogado que defende Asia Bibi, foi forçado a deixar o país.

“Estamos extremamente preocupados porque nossas vidas estão em perigo”, disse o marido de Asia Bibi à ACN. “Não temos mais nada para comer, porque não podemos sair de casa para comprar comida.” Por essa razão, Ashiq pede ao governo italiano que lhes conceda asilo e, acima de tudo, que os ajudem a deixar o Paquistão. Ao mesmo tempo, ele convida a mídia e a comunidade internacional a continuarem atentos à situação de sua esposa. “Essa atenção foi responsável por manter Asia viva até hoje. Agradeço a ACN em particular por nos dar a oportunidade de falar ao mundo através do convite para participar do ‘Red Colosseum’, em fevereiro deste ano”, disse.

O Red Colosseum foi um evento organizado pela ACN Itália que iluminou o Coliseu de Roma em vermelho, em homenagem aos mártires cristãos. A iniciativa segue o exemplo da ACN Brasil, que iluminou o Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, em de outubro de 2015, na ocasião da visita ao Brasil do padre iraquiano Douglas Bazi, que fora sequestrado pela Al Qaeda.

Leave A Comment