Missão

Belém

Missão

Belém

Ser família para quem não tem

A cidade de São Paulo tem mais de 25 mil pessoas em situação de rua, ou, “irmãos da rua”, como chamam os missionários da Missão Belém, fundada em 2005 pelo Padre Gianpietro Carraro e a Irmã Cacilda da Silva Leste. Os fundadores definem o carisma da comunidade de justamente viver o que aconteceu na noite de Natal: “se encarnar no meio dos pobres para que Deus possa alcançá-los de forma mais profunda”.

A Missão Belém começou seu trabalho vivendo com os irmãos de rua. Mas, pouco tempo depois, eles perceberam que deveriam oferecer moradia para esses irmãos, e assim começou um trabalho de acolhimento, tirando homens e mulheres, crianças e idosos da vida das ruas – o que também implica na maioria dos casos de tirá-los da vida das drogas, da violência e dos abusos.

“Quem não dá Deus, dá muito pouco

Essa frase do Papa emérito Bento XVI é muito falada entre os missionários da Missão Belém. Padre Gianpietro diz que ele sente como uma ferida no coração quando ouve alguém dizer que eles são uma obra de assistencialismo. “Sem dúvidas, fazemos de tudo para ajudar o irmão, mas somos uma obra de evangelização. Jesus curava, pregava, abençoava e permanecia com o povo, assim é a Missão Belém. Quando alguém vem para as nossas casas, ela já foi tocada por Deus, porque é muito difícil alguém deixar as ruas e as drogas por outro motivo. Nesses 14 anos, 1.500 pessoas que ainda não eram batizadas escolheram por ser batizadas.”

Foi para o trabalho de evangelização dos irmãos de rua que a ACN também entrou na história da Missão Belém.

Toda pessoa que é acolhida em sua casa, passa por um retiro e recebe também o Diário Espiritual: um livreto mensal com o Evangelho do dia, uma meditação da Palavra e um espaço para escrever sobre como está vivendo o Evangelho. É também por meio desse Diário que muitos acolhidos são alfabetizados. Esse material corria o risco de não ter continuidade sem a contribuição da ACN, que também ajudou com a doação do YouCat – o Catecismo jovem – que cada acolhido recebe após o período de 6 meses.

Você, que contribui com a ACN, saiba que toda essa ajuda, esse milagre de Natal, só é possível graças à sua doação. Se você ainda não fez sua doação para a ACN, sinta Deus tocar em seu coração e faça agora sua contribuição!

Doe agora!

“É maravilhoso sentir que na Igreja somos um só. Nós estamos na rua e, ao mesmo tempo, existe uma pessoa, muitas vezes simples, que está lá longe, que talvez não pode nem sair de casa e que dá a sua contribuição. É maravilhoso porque esse benfeitor se torna um instrumento real de evangelização. Se não tivéssemos Bíblias e material para catequese, como iríamos fazer?”

lembra o Padre Gianpietro sobre os benfeitores.

Acolher com um sorriso, sem julgamentos

Rafael de Jesus
Rafael de Jesus

Um dos que foram salvos pela Missão Belém foi o Rafael de Jesus. Os sofrimentos já na infância desencadearam uma vida de violência, drogas, roubos e prisões. Ele foi parar no centro da cidade de São Paulo porque não queria mais viver. Estava há seis anos morando na rua, viciado em crack, comendo lixo. Sua única oração era para que Deus levasse sua vida embora, que dormisse e não acordasse mais.

“Quando cheguei na Missão Belém, ninguém perguntou o que eu fiz de errado, mas me abraçaram, me deram um sorriso e me ofereceram comida, banho e uma roupa nova – eu estava com a mesma roupa e sem um banho já há pelo menos dois meses. Eu sabia que Deus era misericórdia, mas não sabia que era tanta assim! Porque eu tive muitas chances e desperdicei. Eu tinha a convicção de que eu já era. Achei que Deus já tinha tirado a mão de mim e que eu iria morrer largado na rua”. Hoje Rafael é ministro da Eucaristia e está de casamento marcado. “Me sinto humano de novo”.

No Natal, todos queremos uma oportunidade de ajudar os que mais precisam, queremos muitas vezes mudar radicalmente a vida daquele que está na rua. Aqui está sua oportunidade! Uma ajuda que recupera a dignidade daqueles que, como a Sagrada Família, encontram muitas portas fechadas e agora têm uma chance de sentir o Menino Deus nascendo em seus corações.

Faça sua doação para a ACN e tenha a certeza de que sua contribuição levará o Evangelho e mudará a vida daqueles que mais precisam!

Doe agora!
A ACN está ajudando a Missão Belém com material de evangelização para 4 anos. Uma promessa feita tendo a sua doação como “garantia”.