//Senhor, estou à tua porta e bato

Senhor, estou à tua porta e bato

2018-12-07T17:08:02+00:00agosto 5th, 2009|Um Mendigo de Deus|

Senhor, estou a tua porta e bato. A todas as janelas de tua casa chamo e peço…

Tu me deixaste embaraçado com tua palavra: “todas as vezes que o fizestes a um destes pequeninos, que são meus irmãos, foi a mim que fizestes” (MT 25,40). Tomei-a ao pé da letra: Se alguém me pedia em teu nome, não me atrevia mandá-lo embora sem tê-lo ajudado. Eu sempre imaginava que tu mesmo estivesses ali, na minha frente, e te queixasses do teu sofrimento. E disse “sim” todas as vezes que tu vinhas e pedias para ti mesmo. Pois toda nossa ajuda serve a ti, que padeces em teus irmãos sofredores.

Tu não decepcionastes minha confiança! Continuamente tocastes os corações, de tal maneira que minhas mãos foram preenchidas de bens que pude partilhar.

Não existe serviço postal para o céu. Quem quiser escrever uma carta a Deus, tem de endereçá-la a uma pessoa, em quem Deus habita.

Padre Werenfried van Straaten
— Texto tirado do livro “Um Mendigo de Deus”

Leave A Comment