Ano Novo

2018-12-07T16:35:53+00:00maio 10th, 2010|Um Mendigo de Deus|

Um novo ano, que é nos dado por Deus, é um espaço vazio que nós mesmos temos de preencher. Em primeiro lugar, não é mais importante o que ele nos traz, mas o que nós fazemos dele. É semelhante a uma tela de quadro que teremos um ano para pintar. Um quadro possivelmente de cores alegres, claras, mas onde não podem faltar porções escuras, pois um quadro sem sombras não existe.

Na verdade, é um mau hábito omitirmos, por ocasião das felicitações de Ano Novo, tudo o que é desagradável. Um ano repleto exclusivamente de dinheiro, divertimento e prazer é um ano fracassado. Embora eu espere que alegria, paz e felicidades nos sejam abundantemente proporcionadas, eu sei que também as dificuldades não nos serão poupadas. Por isso, desejo a nós força para suportarmos tudo que nos for exigido para moldar nossa vida, de modo a agradar a Deus. E, como Deus nos destinou a sermos semelhantes à imagem de seu Filho, a nossa vida deve ser uma reprodução fiel da vida de Cristo.

Padre Werenfried van Straaten
— Texto tirado do livro “Um Mendigo de Deus”

Leave A Comment