Agosto

2018-05-10T11:19:12+00:00 Maio 10th, 2010|Um Mendigo de Deus|

Cristo se recusa a pertencer ao passado. Ele quer ser mais do que uma sombra, saída de uma parábola de dois mil anos atrás. Quer ser nosso contemporâneo. Quer continuar vivendo na sua Igreja.

O que antes Ele fez em sua própria figura, Ele quer repetir até o fim dos tempos em todos aqueles que trazem o seu nome e se nutrem com seu santíssimo corpo e sangue. Ele quer romper os limites de sua existência histórica a fim de, por amor a seu Pai, buscar sempre de novo, inclusive nos dias de hoje, seu rebanho perdido.

Por isso, o Redentor pede de vocês e de mim que lhe emprestemos uma figura viva, para que ele possa novamente ir pelo mundo, como o bom samaritano, o pai do filho pródigo, como o amigo dos publicanos e pecadores, como o bom pastor e como o protetor dos oprimidos.

Leave A Comment