//Youth Alive – programa católico de prevenção contra a Aids para os jovens

Youth Alive – programa católico de prevenção contra a Aids para os jovens

2014-04-15T18:44:49+00:00abril 16th, 2014|Projetos|

Foi em 1982, em Uganda, que Miriam Duggan, uma médica qualificada e religiosa franciscana, diagnosticou a Aids pela primeira vez. Era cada vez maior o número de pacientes que vinham ter com ela e posteriormente morriam. Quando viu os filhos destas pessoas ficarem órfãos e serem entregues aos cuidados das avós, que mal tinham o suficiente para viver, decidiu então fazer algo que ajudasse de forma a prevenir. Foi a todas as escolas, alertando as crianças, nas aulas, para os perigos da epidemia. Depois, finalmente, em 1993 fundou a organização Youth Alive.

Desde aí, a iniciativa se espalhou enormemente, organizada num leque de diferentes associações. Só em Uganda há 780 destas associações com pelo menos cinquenta membros cada. Atualmente, o movimento Youth Alive (Juventude Viva) já implementou numerosos programas de prevenção contra a Aids e chegou a mais de 3 milhões de pessoas, nos últimos 15 anos, com as suas campanhas de prevenção. Com efeito, o movimento se espalhou, também, para além das fronteiras do Uganda e existe hoje em oitenta países, sobretudo no continente africano.

A organização trabalha muito de perto com outras iniciativas e com os hospitais e segue estritamente as recomendações do ministério da saúde ugandês: avisar detalhadamente os jovens sobre os riscos da atividade sexual, reforçar as normas sociais e melhorar a qualidade do tratamento dos doentes HIV-positivo.

Os diretores da Youth Alive deixam bem claro que a continência sexual e a fidelidade nas relações são ainda o melhor meio de evitar a infecção com o vírus do HIV. De modo a alcançar o maior número possível de pessoas, organizam workshops nas escolas e paróquias. E estão bem equipados para a tarefa. “Fazemos muita música e teatro para que os jovens consigam perceber a mensagem e passá-la e, deste modo, ajudarem-se através educação mútua”, conta-nos a Irmã Miriam.

“O objetivo do Youth Alive sempre foi o de ajudar as crianças, os jovens e os adultos a adotar um estilo de vida saudável e pró-ativo, livre da Aids, para que assim tenham a chance de realizar seus sonhos.” Pequeno trecho da descrição do programa. A Ajuda à Igreja que Sofre está apoiando este programa com uma contribuição de aproximadamente 280.000 Reais.

Leave A Comment

A ACN está na Copa do Mundo. Ajude-nos a ganhar!