Entre os cerca de 25 milhões de habitantes da diocese “Transfiguração de Jesus” em Novosibirsk, Sibéria, aproximadamente 200 mil têm raízes católicas. Dez mil frequentam regularmente a Missa dominical – quando podem, ou seja, quando existe uma igreja nas proximidades.

Coisa que pode ser considerada uma raridade nessa diocese, que é a maior do mundo em extensão, com seus mais de dois milhões de quilômetros quadrados. A vida comunitária se concentra sobretudo nas cidades, de modo especial Novosibirsk. Lá as comunidades crescem e por isso o novo Centro Diocesano “será de grande ajuda para todo o trabalho pastoral da diocese”, diz Dom Werth. O Centro deverá servir também para o diálogo interconfessional entre católicos e ortodoxos, bem como ser usado para promoções culturais. Uma livraria, o estúdio da emissora católica de televisão Kana e a Cáritas também deverão difundir a partir dali as suas transmissões para a imensidão da diocese.

No fim do ano o novo prédio deverá ser inaugurado. Num trabalho em conjunto com as autoridades, diz Dom Joseph Werth, foi encontrada uma solução boa e econômica para a localização do mesmo no meio da cidade. Uma garagem subterrânea debaixo do prédio, e aluguéis, devem cobrir uma parte das despesas fixas. Em maio de 2010 foi possível começar a construção; uma circunstância feliz, pois, devido à crise financeira, os custos de construção ainda eram convenientes. Mesmo assim, os investimentos superam de longe as possibilidades dessa pobre diocese. O bispo Werth mendigou pelo mundo inteiro e encontrou ajuda.

Ninguém sabe quantos rosários já foram rezados em Novosibirsk em favor desse Centro. O bispo Joseph Werth comenta, deste modo, o quarto mistério dos Mistérios Luminosos (“A Transfiguração de Jesus”): “Vale a pena acreditar, apesar das perseguições e das privações que devemos enfrentar no mundo. O que precisamos é ver também a beleza da fé. Um exemplo disso é a Transfiguração do Senhor. Jesus se transfigurou diante de seus discípulos para deixá-los saborear antecipadamente o Reino dos Céus.” Vocês fazem o bispo e o seu rebanho na Sibéria experimentar uma pequena prova dessa felicidade através da doação amorosa que fazem para o Centro Comunitário. Essa doação é um sinal da beleza da fé.