//Haiti: Uma paróquia para o subúrbio de Hinche

Haiti: Uma paróquia para o subúrbio de Hinche

2018-05-15T15:03:04+00:00maio 15th, 2018|Projetos|

O devastador terremoto de janeiro de 2010 chamou a atenção mundial sobre a difícil situação do Haiti. Entretanto, antes do desastre, o Haiti já era o país mais pobre do ocidente. Os desastres naturais, a violência, a agitação política, a pobreza e a fome dão a impressão de que o povo haitiano não foi poupado de nenhum sofrimento. Em meio a tantas dificuldades, a fé sustenta o povo. Assim, a ACN apoia a construção da primeira paróquia para Villa Créole, no subúrbio de Hinche.

A maior parte da população do Haiti é composta por descendentes de ex-escravos africanos. Hoje, quase 7 milhões dos 8,6 milhões de habitantes do país se dizem católicos; embora os rituais sincretistas, em especial o vodu, ainda estejam muito presentes entre a população. A Igreja está trabalhando muito para incutir  uma forma mais pura de fé católica nos corações das pessoas. E há muitas paróquias animadas, nas quais os fiéis vivem sua fé com grande devoção e profunda piedade.

Os fiéis de “Villa Créole”

Uma dessas paróquias é a da Nossa Senhora da Medalha Milagrosa na “Villa Créole”; um novo subúrbio de Hinche, no leste do país, na fronteira com a República Dominicana. Este subúrbio cresceu rapidamente nos últimos 25 anos e agora tem uma população de cerca de 70 mil católicos! E, até agora, não havia nenhuma igreja paroquial própria; assim, a Santa Missa precisava ser celebrada em locais temporários.

Além da falta de dignidade para abrigar o Rito, não há espaço suficiente para os fiéis que participam das celebrações. Por isso, mesmo sendo muito pobres, os fiéis católicos fizeram grandes sacrifícios para poder comprar um terreno e começar a construir uma igreja. Mas é claro que eles não têm o suficiente para pagar pela construção toda. A ACN se comprometeu em ajudar com os custos da construção. Contamos com a sua ajuda!