//Carnaval, fantasias, instrumentos de percussão e evangelização?

Carnaval, fantasias, instrumentos de percussão e evangelização?

2018-03-15T11:37:43+00:00fevereiro 24th, 2017|Projetos|

Para muitos essa é uma combinação nada convencional, mas para um grupo de jovens cariocas, o Carnaval é mais uma oportunidade de falar de Jesus de uma maneira alegre, criativa e inovadora.

A Agência Missionária Novos Atos, movimento apostólico da Comunidade Do Caos à Glória, promove todos os anos uma missão chamada Folia dos Anjos, uma experiência novíssima na Igreja. Caracterizados de anjos, eles invadem as festas de rua de carnaval da cidade maravilhosa com um bloco de quase 200 pessoas que são verdadeiros enviados de Deus para apresentar uma felicidade que não acaba na quarta-feira de cinzas.

A missão

Com suas roupas e adereços coloridos, estandartes e uma bateria muito animada, o grupo chama a atenção dos foliões por onde passam. Todos que são abordados com uma mensagem querigmática se surpreendem por ouvir sobre um Deus que se aproxima do ser humano e o convida a uma experiência de amor verdadeiro.

E não são apenas os cariocas que vestiram a camisa, ou melhor, a fantasia dessa obra. Missionários de São Paulo, Espírito Santo e Minas Gerais também vão desfilar pelas ruas do Rio de Janeiro engrossando o coro angelical que anuncia no meio do carnaval um Cristo de braços abertos para todos.

A ACN apoia essa missão e outras missões de evangelização da Comunidade Do Caos à Glória, porque acredita que o trabalho desses jovens é uma resposta ao pedido do Papa Francisco de sermos uma igreja em saída.

3 Comments

  1. Cléo 28 de fevereiro de 2017 at 23:58 - Reply

    Para mim isso é o mesmo que entrar no inferno para pregar o evangelho,me poupe mas uma instituição dá igreja que não vai mais ver a cor do meu dinheiro.

  2. henry josé 1 de março de 2017 at 02:55 - Reply

    Bem era só isto que eu gostaria de ter ouvido da ACN , ou seja vcs apoiam este tipo de ida ao mundo pra ”evangelizar” saibam que este tipo de saída ao mundo é na verdade só de ida e não de volta . Este engando de ir ao mundo como intuito de atrai-los a igreja católica não vingou ,mesmo na melhor das boas intenções que possam ter indicações e origem no CVII . A paz de cristo a tds. Por fim quero dizer que não doarei mais nem um tostão a AIS .

  3. Glória 6 de março de 2017 at 18:30 - Reply

    Já vi este filme no Espírito Santo, bloco de carnaval de evangélicos hostilizando a escola de samba local. Isto nada mais é do que infiltrar no carnaval para acabar com a alegria dos foliões. Penso que cada macaco no seu galho e carnaval não é para isto e evangelização e dentro da igreja, do lado de fora é assédio religioso e toda forma de assédio é crime previsto na constituição.

Leave A Comment