//Bons sacerdotes são a base

Bons sacerdotes são a base

2014-07-17T19:46:36+00:00julho 19th, 2014|Projetos|

África é um continente da esperança para a Igreja. Em nenhum lugar ela cresce tão rapidamente, em nenhum lugar há tantas vocações – a chave para essa força espiritual. Mas em nenhum outro lugar a necessidade material é tão grande como nos países do Continente Negro.

A razão mais comum para as numerosas vocações na África é o bom exemplo dos padres nas paróquias. Isaí queria ser padre, médico ou oficial de polícia. “Foi o testemunho do meu pároco que me levou ao seminário”, diz ele. Para muitos outros dos 152 seminaristas no Seminário de Mbujimayi, na República Democrática do Congo, foi o “modo de vida”, o “recolhimento durante a Santa Missa”, “a retidão e honestidade”, “a alegria de viver”, ou ainda, a força dopadre em “proclamar a Palavra”. Outros ainda sentiram o chamado de Deus na leitura do Evangelho. Um ano antes eram só 116 seminaristas.

A formação dos jovens para se tornarem sacerdotes exemplares exige mais recursos de quanto o bispo Bernard Kasanda Mulenga consegue angariar. Nós já o ajudamos com 93.700 reais.

Em outubro, o arcebispo Pascal N’Koué, de Parakou, no Benin, quer abrir um seminário, sobretudo para vocações da população rural. Ali as seitas proliferam. Nós o ajudamos na edificação das modestas construções, com 203.000 reais.

E na diocese de Fenoarivo-Atsinanana, em Madagascar, onde os cristãos representam apenas dois por cento da população, todos colaboram para fortalecer na fé os 107 seminaristas. Mesmo assim precisam da generosidade de vocês (93.700 reais).

“Oração, estudo, fraternidade e vida apostólica – estes são os quatro pilares da formação no seminário”, ensina Papa Francisco. Sobre eles podem se edificar seminários na África, graças a vocês.

Leave A Comment