//“Aqui, só conseguimos celebrar missa uma vez a cada três meses”

“Aqui, só conseguimos celebrar missa uma vez a cada três meses”

2015-01-14T18:45:24+00:00 Janeiro 14th, 2015|Projetos|

Paróquia católica em Mbara, no Quênia, necessita de carro para realizar o trabalho pastoral

A paróquia Cristo Rei, em Mbara, é uma das 28 paróquias da diocese de Kitale. Extremamente isolada, a comunidade só pode ser alcançada por caminhos irregulares, uma vez que não há estradas adequadas. Quando o tempo não está bom, na verdade, não é possível chegar com segurança – um fato que padre Bertrand conhece muito bem.

A infraestrutura em Mbara é inadequada, para dizer o mínimo. “Não há serviços de saúde, rede de comunicações, boas estradas nem eletricidade. Todos os moradores dependem do sacerdote para suas necessidades básicas. O resultado disso é que levo quatro horas para chegar à cidade. Temos apenas um veículo com tração nas quatro rodas que aguenta a trilha íngreme que conduz à cidade”. Assim escreve padre Bertrand W Kundu, o pároco.

Atualmente padre Bertrand dirige um pequeno carro japonês que já está há muitos anos em serviço. É o único carro, em uma extensa região, na verdade. Mbara tem uma população de 15.000 pessoas e nenhum deles tem carro. É também por isso que apenas uma vez a cada três meses os 2.000 católicos da cidade tem o privilégio de assistir a Santa Missa. Padre Bertrand é muito envolvido no trabalho de paz da Igreja Católica no Quênia, tendo criado uma rede com outras paróquias próximas da fronteira, em Uganda, Sudão e Etiópia.

A AIS quer poder ajudar padre Bertrand para a compra de um novo veículo que aguente a pouca estrutura da região. Você pode nos ajudar?

Leave A Comment