Os católicos são minoria no Paquistão; representando aproximadamente 1% do contingente total. A maioria é de muçulmanos, que representam cerca da 96% da população. De modo geral, os cristãos estão nos níveis mais baixos da sociedade. De fato para muitos paquistaneses, os cristãos não são vistos como iguais. Muitas vezes, enfrentam abusos, discriminação, ataques violentos e até perseguição.

Apesar dessas dificuldades, a Igreja Católica no país é muito viva e ativa; trabalhando com todos os meios à sua disposição para acompanhar e apoiar os fiéis católicos e reforçá-los em sua fé. Um fator importante desse apoio é a ajuda aos casais e às famílias. No Paquistão, assim como em qualquer parte do mundo, os casais e as famílias cristãs enraizadas nos valores cristãos enfrentam todo tipo de dificuldades e desafios. Por isso, a Igreja no Paquistão desenvolveu vários programas de apoio e acompanhamento aos casais jovens em preparação para o matrimônio e às famílias com crianças.

Comitê Nacional para a Família e a Vida

Construção de uma casa de catequistas em Hafizabad, aldeia de Thalal Duchey. Encontro com o catequista Naveed Buta e sua família.

O Comitê Nacional para a Família e a Vida é resel pelo treinamento de pessoas para trabalhar nas diocese – preparando casais jovens para o sacramento do matrimônio e a vida familiar. Há também vários programas que lidam não somente com a dimensão espiritual do casamento, mas também ajudam com problemas práticos; do tipo que a maioria dos casais e das famílias enfrentam.

Perguntas como: O que realmente significa o sacramento do matrimônio? O que é a “Teologia do Corpo”, sobre a qual o Papa São João Paulo II falou? Como pode uma família cristã se construir sobre os sacramentos? Estes são alguns dos pontos que o programa trata.

Além disso, dúvidas como o planejamento natural familiar, resolução de conflitos, o encorajamento aos casais para expor e discutir seus problemas, educação sexual responsável para os jovens – com o foco na fidelidade – o amor e a responsabilidade mútua, também são tratados, junto a outros vários problemas.

O Bispo Samson Shukardin, é o presidente do Comitê Nacional para a Família e a Vida. O clérigo tem conduzido programas desse tipo para o casamento e a vida familiar com sucesso, em sua diocese de Hyderabad. E ele insiste, “O bem-estar das famílias é decisivo para o futuro do mundo e da Igreja”. A Fundação Pontifícia ACN contribui para que esse belo trabalho tenha continuidade.