//A alegria que vem de Deus

A alegria que vem de Deus

2013-04-22T18:23:28+00:00abril 22nd, 2013|Projetos|

Santo Agostinho escreve nas suas Confissões: “A vida feliz outra coisa não é senão a alegria que é gerada pela verdade” e “essa verdade se encontra em ti, Senhor, em ti, a suprema Verdade”.

Quem vive tão próximo da Verdade, como os seminaristas, ainda vê muitos outros motivos para a alegria. No seminário de Bukavu, na República Democrática do Congo, eles descreveram alguns desses motivos: a alegria de rezar juntos todos os dias; a alegria de celebrar comunitariamente a Eucaristia; a alegria de jogar futebol ou lavar a louça com colegas de outros semestres; a alegria de estar conectado com o mundo pela internet; a alegria de dispor de uma pequena biblioteca com obras recentes de Teologia e Filosofia; a alegria de ter bons professores e coordenadores que sempre estão disponíveis; a alegria de poder participar com o próprio trabalho na manutenção do seminário.

Ainda muitos outros motivos de alegria são apresentados nessa lista. A alegria maior é ser filho de Deus e o fato de ter encontrado o caminho para realizar a vocação sacerdotal. Para Jean Pierre, “todo o estudo nesse caminho” com todos os seus ensinamentos teóricos e práticos, “nada mais é do que uma progressiva e sempre atual descoberta de Jesus Cristo”. E por isso ele enxerga na ajuda que vocês dão a ele e a todos os seminaristas “um testemunho do amor de vocês por Cristo”. Antoine fala do “magnífico presente do celibato voluntário”; Armel complementa que, para ele, o celibato ajuda a “estar universalmente disponível para Cristo e para a Igreja”. Birhange fala da “maravilhosa missão de levar o Salvador aos homens que ainda não conhecem a Deus”. E Justin se sente “feliz por dizer às pessoas, nesse mundo frio e tecnocrático da globalização, que Deus veio a eles em Cristo, como pessoa, como homem”.

Neste ano eles são 14 seminaristas a mais. No total agora eles são 90. E isso em uma região marcada pela guerra, pela violência e pela miséria. Os 90 querem mudar isso, anunciando em todo lugar a verdade do amor de Cristo. Com 870 Reais por seminarista a cada ano nós conseguiremos ajudá-los. Isso deveria nos valer aquela alegria que vem de Deus.

Leave A Comment