Natal

2010-12-01T15:39:52+00:00 dezembro 1st, 2010|Palavra Viva|

É novamente tempo de Natal. Tudo recorda o nascimento de Jesus. O coração humano novamente reascende a aspiração pela posse da vida e da felicidade. Nada nos sacia plenamente. Como seres finitos que somos, buscamos o infinito, que é Deus.

Deus, em seu amor eterno, nos chamou à vida através de nossos pais. Mas embora sejamos filhos do tempo, nosso anseio vai em busca do que está além do tempo.Temos uma origem humana e divina.

O Natal de Jesus se apresenta como a resposta de Deus para os sonhos e as aspirações do coração humano. Como acontecimento, é a grande festa da vida que realiza e celebra, no aqui e agora, o encontro maior de Deus com o homem e do homem com Deus na pessoa do Menino Jesus.

Neste mesmo Menino, nossa aspiração pela posse da vida deixa de ser um sonho para se tornar uma realidade. Celebrar o Natal de Jesus é acolher na fé a permanente oferta da salvação que se faz presença viva no Menino Jesus, que nasceu e nasce na gruta dos nossos corações.

Por Deus, que desceu ao encontro dos homens no Natal, somos abraçados, amados e assumidos em nossa total humanidade. Somos convidados a acolher a verdadeira vida, como também somos convocados a assumir as necessidades e enfermidades dos irmãos que mais sofrem no mundo.

Faz bem apreciar nossas ruas, casas, igrejas, jardins, lojas e centros comerciais que se ornamentam e se vestem de luzes. Aqui e acolá aparecem presépios apontando que o grande homenageado do Natal é e deve ser Jesus. Mas, infelizmente a figura do Papai Noel vem tomando o Seu lugar e o espírito comercial nos desvia do foco principal e único, que é Jesus.

A Igreja nos questiona para vermos que lugar e espaço o Deus Menino ocupa em nosso coração, em nossas famílias e em nosso amor fraterno. Mesmo para muitos cristãos, Jesus ainda não é a prioridade das festas natalinas! Não podemos nos esquecer que Jesus veio para os seus e os seus não O reconheceram e nem O acolheram. Infelizmente hoje ainda é assim.

Precisamos compreender que Jesus nasce todos os dias, e espera ser acolhido no nosso coração. Espera ser reconhecido e amado na presença daqueles que precisam do abrigo de nosso amor e de nossa compaixão. Particularmente Ele espera ser reconhecido nos milhões de crianças abandonadas pelo mundo.

Para você, amigo e amiga da Ajuda à Igreja que Sofre, que, na generosidade de seu amor, soube sempre acolher nossos pedidos a favor dos que mais necessitam, em nossa pátria e pelo mundo, a nossa mais sincera gratidão e preces no findar de mais este ano. Deus, que é infinitamente generoso com os que usam de misericórdia a favor dos que mais sofrem, certamente lhe retribuirá no cêntuplo, como abençoará seus familiares.

A todos um feliz e santo Natal e um abençoado Ano Novo, pleno da vida, da paz e das graças de nosso bom Deus e Pai.

 

Leave A Comment