//Cristo: Caminho seguro para a Eternidade

Cristo: Caminho seguro para a Eternidade

2014-11-04T11:56:49+00:00 novembro 4th, 2014|Palavra Viva|

A busca pela posse da vida faz parte da cultura dos povos e das civilizações. Ocupa o centro dos mitos e das religiões. É o coração do cristianismo como promessa de Deus Pai em Cristo por obra do Espírito Santo. “Se os mortos não ressuscitam também Cristo não ressuscitou e se Cristo não ressuscitou é falsa a nossa fé. Se a nossa esperança em Cristo é somente para esta vida nós somos os mais infelizes de todos os homens”, 1Cor 15,15-19.

Nascemos e vivemos no tempo, mas nosso sonho maior é a eternidade. A morte faz parte de nossa finitude, mas, por nossa natureza espiritual e pelos méritos de Cristo somos destinados à imortalidade. O apóstolo Paulo nos ensina que somos marcados por uma tensão permanente entre o agora e a eternidade.

Nossa existência terrena é marcada por alegrias e provações, acertos e desacertos. Mas é no cotidiano do tempo que se opera a nossa salvação ou perdição. A partir de Cristo que viveu e sofreu nossa vida, o tempo é o lugar sagrado em que somos chamados a construir o bem supremo da eternidade.

Por isto mesmo, só há uma forma de darmos sentido e significado à nossa vida, como para nossa própria morte: acolher a vontade do Pai que quer que nenhum dos seus filhos se perca e que ninguém seja excluído do banquete da dignidade de vida. Na verdade, o cristianismo se apresenta como uma verdadeira revolução para a compreensão da vida humana. Para os que acreditam e vivem em Cristo, a morte e o após a morte fazem parte do mesmo processo da esperança cristã. É doutrina de fé, que através dos méritos da Redenção de Jesus, nós que Nele acreditamos e vivemos, com Ele haveremos de ressuscitar para a vida eterna. Vivemos desta esperança.

Na Pessoa de Jesus com sua vida, com sua paixão, com sua morte e sua ressurreição antevemos na fé o nosso futuro como homens e mulheres transfigurados em nossa realidade corpo-alma a semelhança dEle. Vivermos da esperança é caminharmos no dia a dia de nossa de vida ao encontro de Deus.

É natural e normal chorarmos a morte dos que amamos. Cristo também chorou a morte de seus amigos. Mas sem a morte jamais teríamos a posse plena da vida, a eternidade com Deus. Cristo é a resposta de Deus Pai para as perguntas e aspirações do coração humano. Não somos donos de nada, nem dos que mais amamos, todos são de Deus.

São simplesmente confortadoras as palavras de Jesus: “Não fique perturbado o coração de vocês. Acreditem em Deus e acreditem também em mim. Existem muitas moradas nacasa de meu Pai. Se não fosse assim, eu lhes teria dito, porque vou preparar um lugar para vocês. E quando eu for e lhes tiver preparado um lugar, voltarei e levarei vocês comigo, para que onde eu estiver, estejam vocês também.” Jo 14,1-3.

No amor ao Pai e aos irmãos temos o caminho seguro para a eternidade.

2 Comments

  1. ,ARIA APARECIDA BRUNO PINTO 29 de novembro de 2014 at 02:08 - Reply

    SÓ TENHO O QUE AGRADECER O PADRE EVARISTO, POIS ELE ME FAZ LEVANTAR, MESMO NESTE MOMENTO DE GRANDE SOFRIMENTO QUE ESTOU PASSANDO DEVIDO A MORTE DE MEU ESPOSO;

  2. nivaldo Gonçalves 18 de Fevereiro de 2015 at 15:31 - Reply

    Belíssimo essa reflexão aonde nos revela se morremos em Cristo com ele ressuscitaremos e viveremos, pois na casa do Pai há muitas morada. Gloria a Deus …
    Ni

Leave A Comment