//A primeira discípula

A primeira discípula

2014-10-01T18:42:14+00:00outubro 1st, 2014|Palavra Viva|

Outubro nos traz à memória o mês de Maria, mês do rosário e mês das missões. Ela é a mulher que gerou Àquele que por primeiro a gerou, seu próprio Filho amado. Ela como ninguém nos ensina a sermos discípulos de Jesus.

Foi a partir de Maria, na revelação bíblica, que a Igreja refletiu sobre quatro “faça-se” como caminho de salvação. O primeiro foi proferido por Deus Pai no momento da criação: “Disse Deus, faça-se a luz…” O segundo foi proferido por Maria diante do anúncio do Anjo Gabriel: “Faça-se em mim segundo a tua palavra.” O terceiro foi proferido por Jesus ao Pai no extremo de sua paixão: “… faça-se a Tua vontade.” O quarto faça-se é e deve ser o meu, o seu, o nosso como discípulos de Jesus. Um “faça-se” que deve ser dado no cotidiano e através de toda a vida por nós.

A vida cristã acontece na experiência viva de nosso encontro diário com a Pessoa de Jesus mediante o acolhimento da Palavra de Deus, através da vivência dos sacramentos, na comunhão com a Igreja e no amor fraterno entre irmãos, particularmente no amor de ajuda aos irmãos mais pequeninos e sofridos do mundo. Maria em sua fidelidade radical à vontade do Pai nos ensina a como seguir os passos e a vida de Jesus. Com sua vida nos leva para Jesus e nos ensina o amor de serviço aos irmãos.

Sim, Jesus é o nosso único Salvador e Redentor da humanidade. Mas Maria como Mãe de Jesus, Mãe da Igreja e nossa Mãe é a filha predileta do Pai, a esposa do Espírito Santo, a primeira discípula que nos leva e nos aponta o caminho para Jesus.

No amor que nos liga a Cristo somos convidados a nos unir no serviço de solidariedade a tantos que sofrem necessidades materiais e espirituais e, que sabemos, são milhões pelo mundo. Na busca da vontade do Pai que quer que nenhum dos seus se percam somos chamados a viver no amor de solidariedade com os cristãos perseguidos pelo mundo, particularmente no momento presente na Síria, no Iraque e na Nigéria onde milhares são perseguidos e mortos simplesmente pelo fato de serem cristãos.

Maria como Mãe de Jesus, da Igreja e nossa Mãe continua nos fazendo o seu único e permanente pedido: “Fazei tudo o que Ele nos disser” (Jo 2,5). Sim, somente Jesus é a nossa salvação, mas, é na Pessoa de Maria que temos o modelo maior para vivermos como verdadeiros discípulos na Igreja de Jesus.

One Comment

  1. Maria Eunice da Silva Vieira 5 de outubro de 2014 at 20:31 - Reply

    Obrigada Padre, por estas palavras linda que nos anima a perseverar a cada dia mais na fé, esperança, caridade, humildade e acima de tudo permitir que Jesus Cristo se faça presente em nossas vidas. Que o Senhor nos ajude a sermos mais solidários com nossos irmãos mais carentes de afeto,carinho e atenção.

Leave A Comment

A ACN está na Copa do Mundo. Ajude-nos a ganhar!