//Volta para Deus um grande amigo da ACN

Volta para Deus um grande amigo da ACN

2018-05-14T11:06:26+00:00 setembro 2nd, 2013|Notícias|

Após grande luta contra um câncer no intestino desde o início deste ano, Dom Joaquim Justino Carreira, bispo da Diocese de Guarulhos e ex-auxiliar da Arquidiocese de São Paulo, faleceu na noite de domingo, 01 de setembro de 2013.

Dom Joaquim Justino Carreira nasceu em Portugal, na região da Leiria, no dia 24 de janeiro de 1950. Foi batizado em 28 de janeiro de 1950, na Paróquia Santa Catarina da Serra. Ainda jovem, sua família emigrou de Portugal e estabeleceu-se no estado de São Paulo.

Recebeu a ordenação diaconal em 11 de junho de 1976, na sua terra natal, Santa Catarina da Serra. Em 19 de março de 1977, Dom Gabriel Paulino Bueno Couto celebrou sua ordenação presbiteral na Catedral Nossa Senhora do Desterro, em Jundiaí. Foi nomeado Monsenhor “Capelão de Sua Santidade”, pelo Papa João Paulo II, em 6 de agosto de 1990.

Dom Joaquim foi o último “presente” do grande Papa João Paulo II, sendo o último bispo nomeado pelo Pontífice em 24 de março de 2005. Sua ordenação episcopal foi celebrada pelo Cardeal Dom Cláudio Hummes no dia 21 de agosto do mesmo ano, sendo seus consagrantes os bispos Dom Osvaldo Giuntini e Dom Gil Antônio Moreira no ginásio de esportes Dr. Nicolino De Lucca, também na cidade paulista de Jundiaí.

Na Arquidiocese de São Paulo, foi o bispo responsável pela Região Episcopal Santana e, em 23de novembro de 2011, o Papa Bento XVI o nomeou bispo da Diocese de Guarulhos.

A ACN tinha uma grande amizade com Dom Joaquim. Incentivou e publicou o livro “Trevas ou Luz, os pecados capitais e os dons do Espírito Santo”, que aborda um tema muito usado por Dom Joaquim em suas catequeses e retiros espirituais, dos quais coordenou duas vezes para colaboradores da AIS. Visitava – sempre que sua agenda cheia permitia – a sede da ACN para discutir projetos ou simplesmente tomar um cafezinho com uma boa conversa.

Dom Joaquim, sem dúvidas, foi um grande pastor. Ele tinha o cheiro das ovelhas em si, como pediu o Papa Francisco para o seu clero. No primeiro ano como bispo da diocese de Guarulhos já havia percorrido todas as paróquias de seu território episcopal, conhecendo e compreendendo seu povo. Sua ética e postura amorosa contagiou e muito aos colaboradores da ACN que, especialmente hoje, rezam por este grande amigo que agora volta para Deus, mas que certamente cuidará ainda de suas ovelhas aonde estiver.

“A cruz simboliza todos os males que nos assolam e que muitas vezes são interpretados como abandono, castigo ou ausência de Deus em nossa vida. Esta é a interpretação dada por aqueles que estão nas trevas, o homem velho: se tudo vai bem é porque sou esperto, se as coisas vão mal é porque Deus nos abandonou. Os que guiam as suas vidas pela Sabedoria do Espírito Santo, o homem novo, possuem o segredo da Cruz Gloriosa, sabem que Deus nunca nos abandona e que tudo colabora para o bem dos que amam a Deus e aos irmãos.”

Dom Joaquim Justino Carreira
☆ 24/01/1950
† 01/09/2013

One Comment

  1. Wagner 5 de setembro de 2013 at 01:16 - Reply

    Um grande sacerdote! Interceda por nós diante de Deus!

Leave A Comment