//Venezuela confiscará os bens da Igreja?

Venezuela confiscará os bens da Igreja?

2009-11-12T12:11:28+00:00novembro 12th, 2009|Notícias|

O presidente Chávez pode “… tentar confiscar igrejas, escolas e outros edifícios eclesiásticos. Ele poderia tentar eliminar o trabalho da Igreja na Venezuela”.


A Ajuda à Igreja que Sofre (AIS), instituição reconhecida internacionalmente pela defesa da liberdade religiosa, alerta ante e possibilidade de que o governo de Hugo Chávez confisque templos, escolas ou propriedades eclesiais, com o propósito de eliminar o trabalho da Igreja.

A tensão no país cresceu após a decisão do presidente Chávez de confiscar instituições financeiras líderes que cercam o Lago Maracaibo e que estão relacionadas à indústria do petróleo.

A AIS, que periodicamente publica um informe mundial sobre a liberdade religiosa, baseia-se fundamentalmente em fontes próximas aos bispos da Venezuela.

A AIS revela que há seis semanas, em uma área densamente povoada de Caracas, um líder de distrito anunciou os planos de expropriar diversas escolas dirigidas pela Igreja. Alguns membros do governo assinalaram então que a iniciativa buscava proteger construções de importância nacional, mas alguns representantes da Igreja temem que este seja o primeiro passo para um programa geral de confisco que afetaria as propriedades eclesiais em todo país.

Ninguém sabe o que vem no futuro, masele [Chávez] poderia confiscar igrejas, escolas e outras propriedades eclesiais. Poderia tentar eliminar o trabalho da Igreja, que costumava receber subsídios do governo, mas que foram reduzindo nos últimos oito anos. Particularmente isso teve um mau efeito nas escolas da Igreja.

Chávez considera que a Igreja é inimiga do socialismo do século XXI cada vez que é crítica com o governo, sem ver que a Igreja Católica apenas está tentando fazer que se escute a sua voz quando existe alguma injustiça. Alguns sacerdotes foram ameaçados por pregar contra as reformas de Chávez.

É importante que as pessoas pensem e analisem a cada situação em que Hugo Chávez aplica seu socialismo, pois não se respeita a dignidade da vida. Nesta situação, os católicos devem gerar, ademais da análise crítica, respostas que partam da doutrina social da Igreja.

A AIS tem constatado com grande preocupação as crescentes ameaças para a Igreja desde que o presidente Chávez assumiu o poder.

3 Comments

  1. Marcos 17 de novembro de 2009 at 23:15 - Reply

    Socialismo e Igreja Católica nunca foi uma combinação perfeita. Tava demorando pro governo venezuelano ameaçar a Igreja, mas como bons fiéis a SANTA MÃE IGREJA devemos fortalecer a nossa posição como Católicos, seguir fielmente as doutrinas que Ela ensina e mostrar ao mundo o grande atentado a liberdade religiosa naquele país. Contudo, os mais prejudicados com isso são as pessoas q são beneficiadas com os diversos serviços prestados por nossa Igreja. Espero q esta situação seja resolvida da melhor forma possivel. À nós brasileiros cabe a tarefa de unir nossas orações para aquele povo q sofre.

  2. Davisson Rodrigues dos Santos 29 de novembro de 2009 at 17:58 - Reply

    Não é impedindo as pessoas de terem uma vida espiritual, que a situação daquela nação vai melhorar… onde podemos buscar forças quando as nossas próprias falham, senão nos auxílios e consolações do céu?

  3. ANGELO ALMEIDA LIMA 7 de abril de 2010 at 12:31 - Reply

    QUANDO É QUE O PRESIDENTE LULA VAI SE CONCIENTIZAR QUE NA AMÉRICA LATINA NÃO HÁ MAIS LUGAR PARA DITADORES COMO HUGO CHAVES ? ACORDA LULA , ESTE LIDER DITADOR FACISTA AINDA DARÁ TRABALHO E PROVOCARÁ MORTES E GUERRAS .

Leave A Comment

A ACN está na Copa do Mundo. Ajude-nos a ganhar!