//Terra Santa: visita do Papa foi um sucesso

Terra Santa: visita do Papa foi um sucesso

2014-07-02T00:21:14+00:00julho 1st, 2014|Notícias|

Um mês após o início da visita do Papa (24/05) no Oriente Médio, padre Pierbattista Pizzaballa, guardião franciscano na Terra Santa, fez uma positiva avaliação.

Em declarações recentes em Jerusalém à Fundação Pontifícia Ajuda à Igreja que Sofre (AIS), o religioso disse que, em sua opinião, a visita foi um sucesso. “É claro que não trouxe a paz durante a noite, mas suas palavras e gestos aqui e sua oração pela paz, já no Vaticano, com o presidente de Israel, Shimon Peres, e o presidente palestino, Mahmoud Abbas, no Domingo de Pentecostes, mostrou que, além da política, existem outros aspectos para a paz. A preocupação do Papa era em indicar caminhos diferentes e nutrir a mentalidade correta para a paz. O que ele buscou dizer é que todos são chamados a trabalhar pela paz em seu próprio contexto. Esta mensagem foi bem recebida por ambos os lados, “confirmada por ambos os escritórios presidenciais para mim”, comenta.

Em particular, o religioso destacou a dimensão ecumênica da visita do Papa. Em 25 de maio, o Papa Francisco conheceu o chefe honorário da Igreja Ortodoxa, o Patriarca Bartolomeu de Constantinopla, na Igreja do Santo Sepulcro, em Jerusalém. Com esta reunião, os dois líderes da Igreja queriam comemorar o encontro histórico de seus antecessores 50 anos antes. “Os nossos irmãos ortodoxos ficaram muito felizes com este evento. Ele criou um bom ambiente entre nós. Afinal, este encontro era o objetivo principal dessa viagem à Terra Santa. E, na minha opinião, também foi um grande sucesso”.

Tal como acontece com encontros inter-religiosos do Papa, com judeus e muçulmanos, que correm bem, agora é a vez das pessoas continuarem a trabalhar em seus locais de residência. “Essas visitas podem dar um impulso inicial. Mas o trabalho tem de ser feito no local. Agora cabe a nós”, salientou padre Pierbattista Pizzaballa.

Leave A Comment

A ACN está na Copa do Mundo. Ajude-nos a ganhar!