//Síria: “Deus, dai-nos a paz!”

Síria: “Deus, dai-nos a paz!”

2016-06-13T17:03:30+00:00junho 13th, 2016|Notícias|

Milhares de crianças na Síria comemoraram o “Dia Internacional da Criança” como um dia de oração pela paz.

Em 1º de junho, milhares de crianças de todas as denominações cristãs se reuniram em várias cidades sírias para celebrar o “Dia Internacional da Criança” como um dia de oração pela paz.

Em Homs, este foi o primeiro evento público realizado com as crianças desde a libertação da cidade. A partir desta cidade, a estação de televisão cristã “Tele Lumière” transmitiu a iniciativa para todo o Oriente Médio. Mais de 700 crianças vestidas de branco se reuniram com os bispos católicos e ortodoxos desta, que já foi uma cidade sitiada, cidade em que o padre jesuíta Frans van der Lugt foi assassinado em abril de 2014. As crianças fizeram uma procissão pela cidade, parando para rezar nas igrejas de várias denominações cristãs.

Dom Abdo Arbach, bispo greco-melquita católico de Homs, pronunciou um discurso que foi retransmitido para a Ajuda à Igreja que Sofre (ACN). Ele disse: “Estamos fartos da guerra, da destruição, do tráfico de crianças. Queremos viver, queremos proporcionar às nossas crianças uma boa educação. (…) Nós nunca vamos aceitar que eles tenham de viver sem esperança e longe de suas casas”! Ele também apelou para a comunidade internacional “para que esta guerra possa acabar e que os responsáveis atuem de acordo com os direitos humanos e das crianças. Deus, dai-nos a paz!”

A destruída catedral greco-melquita católica, que é consagrada a “Nossa Senhora, Rainha da Paz”, foi adornada com um cartaz monumental do Menino Jesus de Praga. Na catedral Melquita, os bispos reuniram as crianças para recitar uma oração ao Menino Jesus. Dom Arbach disse que o Menino Jesus é “a fonte de paz para os nossos filhos e nosso país, porque a Sua saudação é “A paz esteja convosco”. Eles também acenderam velas diante de uma imagem do Menino Jesus.

Eventos semelhantes, que transcorreram ao longo de todo o dia, também foram realizadas simultaneamente em Damasco, Tartus, Marmarita e Alepo. “Esperamos que a iniciativa dessas crianças se espalhe e que muitas outras crianças em todo o mundo também orem pela paz”, declarou o bispo maronita de Latakia e Tartus, D. Antoine Chbeir, para a ACN. Em Tartus, as crianças também mostraram cartazes que elas mesmas haviam feito, em que pediam orações para a paz, bem como o fim do terrorismo e da guerra na Síria.

Durante a oração do Angelus em 29 de maio, o Papa Francisco tinha convidado crianças de todo o mundo para se juntar às crianças da Síria em sua oração pela paz. Os patriarcas católicos e ortodoxos do país emitiram uma mensagem conjunta convidando as crianças a observar este dia de oração, que começou como uma iniciativa da fundação pontifícia Ajuda à Igreja que Sofre.

One Comment

  1. Gelson José Bolzan 9 de julho de 2016 at 05:16 - Reply

    Interessante notar que o camaleão, um animal silvestre, para se defender dos predadores, ele sempre fica na cor do ambiente que ele está, e então, o camaleão fica despercebido. O cristão e a cristã são distintos e distintas, explícitos e explícitas no Amor. Não existe outra coisa que pode dar sentido, norte e prazer de viver. Os depressivos e depressivas precisam ficar a par dessa verdade e então serão curados, amém !!!

Leave A Comment

A ACN está na Copa do Mundo. Ajude-nos a ganhar!