//Príncipe de Gales ajuda os cristãos iraquianos

Príncipe de Gales ajuda os cristãos iraquianos

2018-05-10T09:34:14+00:00 setembro 8th, 2014|Notícias|

Sua Alteza Real o Príncipe de Gales fez uma doação pessoal para ajudar os cristãos aterrorizados no norte do Iraque e ofereceu uma calorosa mensagem de solidariedade e apoio.

A doação – que está sendo feita através da Ajuda à Igreja que Sofre (ACN), a Obra de caridade internacional para cristãos perseguidos – será destinada para fornecer alimentos, abrigo e remédios para os cristãos que se refugiaram no norte do país. Só em agosto, 120 mil cristãos fugiram de suas terras nas planícies de Nínive depois que a região foi tomada por forças do Estado Islâmico, grupo terrorista extremista.

A doação substancial do Príncipe – cujo montante não é divulgado – vem em meio a sérias preocupações sobre a situação dos Cristãos, Yazidis e outras minorias que deixaram suas casas sem nada, enquanto os extremistas avançaram ameaçando genocídio.

Em resposta a uma crescente catástrofe humanitária, o Patriarca Caldeu Louis Raphael Sako, de Bagdá, o responsável pela maior comunidade cristã do Iraque, montou uma força-tarefa para fornecer urgentemente abrigo às pessoas que buscam refúgio nas Igrejas – que estão perto da capital curda, Ankawa e outras cidades e vilas mais ao norte.

Escrevendo ao Patriarca Sako para expressar suas condolências e dar a certeza das suas orações, o Príncipe presta homenagem ao trabalho do líder da Igreja para fornecer ajuda de emergência e apoio. Reconhecendo a carta, o Patriarca agradece ao príncipe por sua compaixão e preocupação.

Trabalhando em conjunto com outras comunidades cristãs, o Arcebispo Caldeu Amel Nona, de Mossul, e Bashar Warda, de Erbil, estão usando a ajuda enviada pela ACN para prestar socorro básico para pessoas que procuram abrigo longe de temperaturas de até 44 ºC. Em Erbil, até 70.000 refugiados estão espalhados por 22 pontos de recepção onde recebem alimentos básicos, colchões e remédios.

No mês passado, uma delegação da Ajuda à Igreja que Sofre, liderada pelo presidente Executivo Internacional, Barão Johannes Heereman, e a Diretora de Projetos, Regina Lynch, realizou um levantamento de fatos em uma viagem de avaliação de projeto para Erbil e outras partes do Curdistão.

A carta e a doação de Sua Alteza Real o Príncipe de Gales chegaram logo depois que ele organizou uma recepção para os cristãos do Oriente Médio na Clarence House, no centro de Londres. No evento, acontecido em 17 de dezembro, Sua Alteza Real, afirmou: “Me parece que não podemos ignorar o fato de que os cristãos no Oriente Médio estão cada vez mais sendo alvo de fanáticos islâmicos fundamentalistas. O cristianismo nasceu, literalmente, no Oriente Médio e não devemos esquecer os nossos irmãos em Cristo do Oriente Médio.”

Neville Kyrke-Smith, diretor da ACN na Inglaterra, afirmou: “Este apoio é de grande encorajamento e mostra solidariedade com os cristãos que estão enfrentando a ameaça de extinção nas terras bíblicas.

“Esperamos e rezamos para que este ato generoso de bondade possa inspirar outras pessoas a se comprometerem a apoiar todos aqueles que sofrem por sua fé.”

Leave A Comment