//ONU poderá investigar campos de concentração na Coréia do Norte

ONU poderá investigar campos de concentração na Coréia do Norte

2012-04-05T13:14:34+00:00abril 5th, 2012|Notícias|

A simples posse de uma Bíblia basta para justificar a prisão e o encaminhamento para um dos vários campos de concentração existentes no país.

Mais de 40 organizações internacionais defensoras dos direitos humanos exigiram nesta terça-feira (03/04) que a ONU inicie uma investigação para tentar encerrar os campos de concentração na Coréia do Norte, onde se estima que vivam, em condições miseráveis, entre 50 a 70 mil cristãos num universo de cerca de 200 mil prisioneiros.

Estes campos são uma das principais catástrofes humanas do mundo atual. No relatório enviado às Nações Unidas por estas organizações não-governamentais, são mencionados os trabalhos forçados de mais de 12 horas por dia sem interrupções a que os detidos estão sujeitos, em troca de uma porção de cerca de 20 grãos de milho.

“É uma quantidade tão ínfima que os detidos são obrigados a irem até os dejetos das vacas para encontrar grãos não digeridos e escapar, assim, da morte”, lê-se no comunicado em que as ONGs exigiram a intervenção da ONU, com base no testemunho de um prisioneiro que conseguiu fugir de uma das prisões norte-coreanas.

Entre os detidos nestes campos de concentração, os cristãos constituem um dos mais expressivos grupos, havendo relatos de que frequentemente são sujeitos a torturas e violações. O culto religioso é extremamente perigoso, obrigando os cristãos a reunirem-se clandestinamente. Alguns relatos que chegam da Coréia do Norte indicam que muitos cristãos têm as suas Bíblias escondidas, muitas vezes até enterradas, para não serem descobertos pelas autoridades.

5 Comments

  1. José Luiz de Jesus 9 de abril de 2012 at 23:57 - Reply

    Não bastou o holocausto que o mundo sofreu na segunda guerra, ainda não foi o sufuciente para que o mundo aprendece. Quantos mais haverá de ter? Coreia, Coreia do Norte olhe para a historia.

  2. HELOISA HELENA 13 de abril de 2012 at 14:49 - Reply

    É TANTA VIOLAÇÃO DOS DIREITOS HUMANOS, TANTAS INDIGNIDADES CONTRA O POVO DE DEUS,CONTRA A FÉ, E TODA A BUSCA DE SANTIDADE,SOMENTE A FORÇA DA SANTISSIMA TRINDADE PARA NOS AFASTAR DO MAL, REZEMOS PELOS NOSSOS IRMAOS E IRMÃS EM CRISTO.

  3. VALDIR CALEJAN MARTINS DOS SANTOS 2 de maio de 2012 at 15:17 - Reply

    Infelizmente, existem coréias do norte também aqui em nosso Brasil, lá são enviados inocentes, aás vezes, só por serem doentes, por não terem mais utilidade, meu irmão Vanderlei Calejan Martins dos Santos, com problemas mentais, e acima de tudo, inocente, foi preso, torturado, mesmo aposentado por invalidez, foi trancafiado no CDP de Pinheiros, em São Paulo, muitos protestaram, mas, ele, sofreu de tudo naquele campo de concentração verde-amarelo. Ninguém ouviu o grito de socorro de minha família. Devido a tanta dor minha mãe faleceu no ano passado em 17 de maio. Todos se solidarizam conosco, sabem que meu irmão é inocente, porém ninguém, de fato tira ele deste martírio. Como Jesus, Vanderlei sobrevive pela graça de Deus… JUIZES, DEFENSORES PÚBLICOS, PROMOTORES, MÉDICOS SABEM E NADA FAZEM PARA SOLTAR UM INOCENTE. ISTO AQUI NO BRASIL. CONTUDO TAMBÉM SOFRO JUNTO PELOS COREANOS INJUSTIÇADOS.

  4. sarah 25 de maio de 2012 at 19:53 - Reply

    Juntos com humildade perseverança e muita oração vivendo sempre no evangelho vamos conseguir, vamos evangelisar vivendo numa sociedade doente em que estamos lembrem-se
    a porta é estreita e poucos entrarão por ela. A iniciativa é individual. Saúde e paz.

  5. DORIVAL CALEJON MARTINS DOS SANTOS 10 de julho de 2014 at 03:36 - Reply

    MEU IRMÃO E INOCENTE , NÃO HA PROVAS , FOI TORTURADO , HUMILHADO E SUBJULGADO , A PONTO DE TER SEQUELAS ETERNAS , NINGUEM SE QUER ANALIZOU SEU PROCESSO, HOJE ELE SE ENCONTRA NO CENTRO DE CUSTODIA , FOI DOPADO VARIAS VEZES , PEÇO AJUDA , O VANDERLEI E INOCENTE , COMO MUITOS QUE SE ENCONTRAM NESTA SITUAÇÃO , AONDE ESTA ESTE TAL DE DIREITOS HUMANOS, A DITADURA JUDICIARIA CONTINUA PARA OS POBRES.

Leave A Comment