//O Conclave

O Conclave

2013-03-10T21:18:47+00:00março 10th, 2013|Notícias|

Os cardeais decidiram por ampla maioria a data do início do Conclave para a próxima terça-feira (12-03-2013). Se sentem, assim, prontos para dar o passo decisivo na eleição do novo Papa.

As reflexões em comum nas Congregações, as informações trocadas entre eles, os diálogos para se formar um juízo pessoal e responsável sobre a pessoa mais apta para a grande tarefa, chegaram a um ponto de amadurecimento. A partir de terça-feira o discernimento tornar-se-á ainda mais comprometido, porque, com os escrutínios se verá, num certo sentido, a medida do consenso que se poderá chegar sobre uma determinada pessoa. E se irá em frente até a escolha.

Impressionante, se se pensa à responsabilidade sobre-humana que será colocada sobre os ombros de um homem. Não se trata somente de governar bem uma instituição complexa, mas é bem mais que isto, é orientar o caminho religioso, espiritual, moral da comunidade dos fiéis mais numerosa e espalhada nos diversos continentes e observada com atenção – com expectativa positiva, mas às vezes também com uma atitude negativa – por muitos nosso contemporâneos em busca de um sentido para a sua existência. O Evangelho deve ser anunciado ao longo dos tempos, para a salvação de todos, até os confins da terra.

O Conclave é então, um evento cujo significado pode ser entendido verdadeiramente, e que pode ser vivido serenamente, somente numa perspectiva de fé. Os dois protagonistas dos precedentes Conclaves nos deram um testemunho intenso e inesquecível. Papa Wojtyla contemplava o Juízo de Michelangelo no seu poema “Tríptico romano”: “Todas as coisas estão nuas e abertas diante dos olhos de Deus”, “transparência dos eventos, transparência das consciências”. “Tu que perscrutas tudo – mostra”. “Ele mostrará”. E o futuro Papa Ratzinger comentava: “A herança das chaves deixadas a Pedro…Entregar estas chaves nas mãos justas: é esta a imensa responsabilidade nestes dias”.

Agora, aquele que com sua renúncia extraordinária conduziu os cardeais a cruzar novamente o limiar da Capela Sistina para discernir diante da história em que mãos confiar as chaves, é com todos nós, silenciosamente mas mais profundamente e conscientemente de todos nós, em oração: “Espírito de Deus, tu que tudo penetra – mostra”!

Leave A Comment

A ACN está na Copa do Mundo. Ajude-nos a ganhar!