//Milhões de crianças em risco extremo na Síria

Milhões de crianças em risco extremo na Síria

2016-03-17T14:11:34+00:00 Março 17th, 2016|Notícias|

Segundo o último relatório da Unicef, organismo das Nações Unidas, uma em cada três crianças sírias sempre viveu num ambiente de guerra, de violência extrema e de medo. São, ao todo, quase quatro milhões de crianças. Destas, cerca de 151 mil já nasceram em campos de refugiados desde que a guerra civil teve início, há cinco anos.

O conflito também é responsável pelo empobrecimento generalizado do país, havendo quase “sete milhões de crianças vivendo na pobreza”. No relatório divulgado esta semana e assinado por Peter Salama, pode ler-se que, “na Síria, a violência tornou-se comum nas casas, escolas, hospitais, clínicas, praças e locais onde são realizados cultos”.

Só no ano passado, afirma este documento da ONU, registaram-se mais de mil “violações graves” contra os menores de idade, sendo que mais de 60% desses casos foram “assassinatos e mutilações devido a explosões de bombas em zonas residenciais”.

Durante os últimos anos foram detectadas cerca de 15 mil crianças sírias abandonadas ou sem acompanhamento familiar, havendo cada vez mais o risco de, muitas delas, serem recrutadas como “crianças-soldado” ou forçadas a trabalhar em redes de exploração de menores.

Leave A Comment