//Índia: A Igreja vai até os dalits

Índia: A Igreja vai até os dalits

2018-03-27T11:15:13+00:00 Março 26th, 2018|Notícias|

A atual campanha da ACN denuncia a repressão aos cristãos no norte da Índia; com foco nos mais pobres entre os pobres, os dalits.

Bita vive em um casebre de paredes de barro e chão de terra. Na verdade, são apenas as paredes de barro cobertas por uma lona de plástico. Sua antiga casa foi incendiada há um ano. “Foi uma grande desgraça”. Uma das crianças viu o incêndio começar bem a tempo e conseguiu tirar a irmã mais nova da casa, diz a mãe de três filhos. A comunidade da Igreja Católica então a ajudou a obter um pequeno empréstimo. Isso permitiu que ela se mudasse temporariamente para uma residência próxima, embora não seja muito mais do que um abrigo improvisado de barro e palha: um cômodo para dormir, um para cozinhar e morar,  ambos com apenas três por três metros.

A maioria dos dalits (pessoas da casta mais pobre da Índia) vive em quartos extremamente apertados e seu espaço é ainda mais restrito. “Há muitas coisas que os dalits não têm permissão para tocar, eles não podem ser tocados e não podem se estabelecer em qualquer lugar”, explica o padre John. Seu nome foi alterado para sua segurança. Por décadas, ele tem trabalhado com os dalits, os membros da casta mais baixa da Índia. “A área de cozinha, por exemplo, é um lugar sagrado. Numa ocasião, coloquei um copo no lugar errado. Foi um drama enorme”, lembra o padre. Para o anfitrião que ele estava visitando, era uma ofensa que havia tornado o lugar “dessacralizado”. Para os dalits, isso é como uma proibição. Eles acreditam que um desastre acontecerá com qualquer um que não  respeite as normas.

Atormentada por um mundo espiritual

Bita também acreditava nisso, “eu estava com muito medo e terror dos espíritos maus”. Era um mundo imaginário que começou a atormentá-la cada vez mais. “Eu estava com medo de sair da cama e andar. Eu fiquei doente. Então, ela conheceu uma mulher cristã que lhe contou sobre a Bíblia. A mensagem de que existe um Deus que é um defensor dos pobres e dos mais humildes na sociedade, que os convida a se unirem à Sua comunidade, a Igreja, vai além de qualquer coisa que os dalits possam imaginar.

Este convite cristão também começou a exercer sua influência em Bita. Hoje, ela está sendo pressionada por seus vizinhos. A maioria das pessoas da aldeia são membros de outras religiões e não gostam de como Bita está se aproximando cada vez mais da comunidade católica. “Temo que eles também tenham um pouco de inveja porque agora faço parte de uma comunidade que me apoia. Que estou me sentindo melhor de novo, desde que comecei a ir à igreja”.

Fortalecida, mas ainda sob nova ameaça como minoria

Qualquer um que visite Bita pode sentir um pouco da ansiedade que paira no ar. Bita e um pequeno grupo de outras pessoas já se converteram ao cristianismo. Eles são uma minoria entre os vizinhos que estão tentando fazer Bita deixar a igreja. No entanto, ela permanece fiel à sua fé. “Eu também convenci meu marido. Ele está do meu lado agora. Temos mais alegria em nossas vidas. Nós temos esperança novamente. Colocamos nossa fé em Deus e na Igreja”. Quando perguntada sobre qual passagem da Bíblia ela mais gosta, ela leva um momento para refletir. “Jesus diz, ama o teu próximo. Isso me dá força”.

A Fundação Pontifícia ACN dedicou a campanha quaresmal deste ano para ajudar os cristãos na Índia. A fudadação está apresentando projetos que apoiam os mais pobres dentre os pobres, para que eles possam viver sua fé e se desenvolver como indivíduos com dignidade

Leave A Comment