//Francisco: um pontífice unido aos brasileiros e aos jovens de todo o mundo

Francisco: um pontífice unido aos brasileiros e aos jovens de todo o mundo

2015-08-26T13:37:24+00:00 julho 23rd, 2013|Notícias|

Para os brasileiros de todas as idades, especialmente os jovens, chegou a grande hora de receber o terceiro Papa a visitar o país. Adiando um encontro com autoridades locais logo na sua chegada, o Papa decidiu primeiro encontrar-se com a juventude e os brasileiros bem de perto, cumprimentando os milhares de peregrinos que a partir desta semana enchem as ruas do Rio de Janeiro com seu entusiasmo levando bandeiras, música e as expectativas de um grande e tocante evento com o Santo Padre.

Francisco, que já se tornou conhecido pela sua simplicidade e até mesmo quebra de formalidades, também chega ao Rio com expectativas em seu coração. Ainda como cardeal na Argentina, o 266º Sucessor de Pedro alentava jovens, movimentos e comunidades dedicados ao apostolado juvenil com seus discursos e frequentes encontros e peregrinações com a juventude da capital.

Francisco é o Papa da JMJ no Rio. O Papa da humildade que prefere a chegada em um carro simples sentindo de perto o calor da acolhida dos fiéis, chegou ao Brasil de maneira especialmente carinhosa aos jovens, e que também mostrará sua atenção pastoral àqueles jovens que sofrem e os que experimentam a pobreza. Como membro da Pontifícia Comissão para a América Latina, e amigo dos pobres das periferias de Buenos Aires, Francisco seguramente chega para honrar o seu nome pontifício, escolhido pela sua devoção ao Santo de Assis, com gestos muito concretos de humildade e caridade.

Como início de seu testemunho, o Papa escolheu a residência do Sumaré, casa do falecido Cardeal Eugênio Sales e lugar onde se hospedou João Paulo II em sua última visita ao Brasil, onde terá uma atenção e uma hospedagem muito simples. A residência não fica longe de uma favela do Rio de Janeiro, e foi entre os pobres do Rio que o Papa Bergoglio quis pernoitar.

Seguindo ainda passos de anteriores Papas que visitaram o Brasil, Francisco se dirigirá ainda à Favela de Manguinhos para um encontro com os moradores deste bairro pobre e sem dúvida cumprindo um profundo desejo de seu coração. O Papa, que desde o início do pontificado vem pedindo que a Fé se concretize na caridade para com os mais necessitados, não poderia passar pelo Rio, emblema dos imensos contrastes sociais do país, sem deixar uma marca no coração dos moradores das favelas da cidade em um gesto que, sem dúvida, fala da coerência do Papa.

Em sua extensa agenda, Francisco terá momentos de mostrar também sua solidariedade com os enfermos, na visita de um hospital no bairro da Tijuca, perto do centro da cidade, que por uma afortunada coincidência leva o nome do “Poverello” de Assis, aquele que Papa argentino adotou, onde adultos e jovens de condição humilde ou até mesmo indigentes recebem atenção gratuita.

Nesta ocasião o Papa também receberá da parte da diretoria da Associação Pontifícia Ajuda à Igreja que Sofre (AIS) um exemplar do YouCat, o catecismo jovem da Igreja, que por ocasião da JMJ e o Ano da Fé a AIS distribuiu gratuitamente 1.5 milhões de cópias para arquidioceses, dioceses e movimentos brasileiros para que os jovens aprofundem na fé católica.

Além da distribuição do YouCat, a Associação Ajuda à Igreja que Sofre está organizando no centro do Rio de Janeiro uma exposição multimídia e interativa chamada “Missionários somos todos nós!”. O evento, inaugurado na segunda-feira, 22, e que vai até o dia27 de julho, já um êxito entre jovens dos cinco continentes que após assistirem os vídeos sobre o trabalho missionário da Igreja, e uma imagem da Virgem de Guadalupe acompanhada de uma oração ao som de batidas do coração humano ao fundo, os jovens entram à capela onde o Santíssimo Sacramento está exposto para rezar e deixar em uma cruz mensagens e seu desejo de serem missionários desde suas circunstâncias concretas.

A exposição contempla ainda um pavilhão internacional onde alguns dos 17 escritórios da AIS no mundo expõem seu serviço aos cristãos mais necessitados e àqueles que são perseguidos junto de outras congregações e movimentos que mostram seu carisma e trabalhos de evangelização.

Os visitantes da exposição missionária da associação Ajuda à Igreja que Sofre no seu primeiro dia foram ademais agraciados com uma grande surpresa: o papamóvel passou há apenas alguns metros das tendas possibilitando que os visitantes vissem de perto o Santo Padre.

Não resta dúvida de que esta viagem de Francisco deve ser acompanhada com grande atenção aos seus discursos, mas também aos seus gestos. A Igreja no Brasil e em todo o mundo se regozija hoje com a JMJ Rio 2013. As aclamações em alta voz dos jovens que passam pelo centro do Rio com entusiasmo levantando bandeiras, perto de onde a AIS montou as tendas de sua exposição multimídia não deixa dúvida: a juventude católica brasileira quer ser a juventude do Papa.

Abaixo algumas fotos da espera pelo Papa nas ruas do centro do Rio de Janeiro…

Leave A Comment