//Basta! Basta! Chega de guerra na Síria!

Basta! Basta! Chega de guerra na Síria!

2015-03-17T20:06:07+00:00março 17th, 2015|Notícias|

AIS tem enviado ajuda de emergência desde o início da guerra e atende ao apelo por orações do Patriarca Gregorios III

O Patriarca Gregorios III de Antioquia, chefe da Igreja Greco-Católica Melquita, que está em comunhão com Roma, pediu um dia de solidariedade com a Síria para relembrar que há quatro anos, no dia 15 de março, se iniciaram os protestos na cidade de Deraa contra o presidente sírio, Bashar al-Assad. Para dar continuidade a uma campanha, sem precedentes, da Fundação Pontifícia Ajuda à Igreja que Sofre (AIS) que apoia a Igreja na Síria desde o início da guerra, une-se agora a iniciativa do patriarca por orações.

“Quatro anos após o início da guerra, a situação de milhões de pessoas na Síria é catastrófico”, disse o presidente-executivo da AIS Internacional, o Barão Johannes Heereman. “Com a extensão do conflito para os países vizinhos, a situação tornou-se ainda mais desesperada”, acrescentou ele, “tanto mais que o interesse por parte da comunidade internacional tem claramente diminuído. É por isso que estamos fornecendo ajuda de emergência às famílias em Aleppo, Homs, Damasco e outras áreas afetadas. Nós estamos ajudando a fornecer alimentos, medicamentos, cuidados médicos, ajuda financeira para aluguel das famílias, aquecimento e eletricidade. Mas o dinheiro só pode ajudar a aliviar o sofrimento, não acabar com a guerra”.

A AIS apela, pois, para o convite de Papa Francisco a um período de 24 horas de adoração e oração pela paz para com os cristãos da Síria e do Oriente Médio para o fim da guerra e do sofrimento.

Em seu apelo Patriarca Gregorios III ainda diz: “A Quaresma é um caminho da Cruz e agora estamos no quinto ano desta Via-Sacra para as nações árabes. Estamos experimentando hoje a maior tragédia desde a Segunda Guerra Mundial. Estamos perdidos em face da imensa dor que nosso povo está imerso, em todas as suas comunidades cristãs e muçulmanas. Absolutamente todo mundo está sofrendo de pobreza, fome, frio, falta de vestuário, doenças e deficiências física. No sofrimento todos nós somos iguais”.

O apelo para a Jornada Mundial de Oração e jejum pela paz na Síria continua: “No mais profundo sofrimento e dor pela Síria e em comunhão ao nosso povo que sofre, que está percorrendo um caminho sangrento da Cruz, apelamos ao mundo inteiro:Basta! Basta! Chega de guerra na Síria! Nós acreditamos no poder da oração e jejum e estamos chamando para um dia de solidariedade com a Síria, um dia de jejum e oração de esperança e de paz na Síria.”

Leave A Comment