//AIS inaugura escritório na Colômbia

AIS inaugura escritório na Colômbia

2014-12-04T13:57:15+00:00dezembro 4th, 2014|Notícias|

A Ayuda a la Iglesia que Sufre, tradução do nome “Ajuda à Igreja que Sofre” em espanhol, agora tem um novo escritório nacional na Colômbia, na capital Bogotá.

A Fundação Pontifícia Ajuda à Igreja que Sofre (AIS) inaugurou oficialmente seu novo escritório na quinta-feira, 27 de novembro, com a Santa Missa na paróquia de Cristo Rei. Concelebraram Dom José Daniel FallaRobles, secretário da Conferência Episcopal da Colômbia, juntamente com o padre Martin Barta, assistente eclesiástico internacional da AIS, e o sacerdote palestino Pe. Carlos Khalil Jaar.

Também estiveram presentes o presidente executivo internacional da AIS, o Barão Johannes Heereman, e Diego Rodríguez Lizcano, o novo diretor nacional da Colômbia.

De acordo com o carisma da fundação – que inclui inspirar um sentimento de solidariedade com a Igreja em necessidade em todo o mundo, especialmente com aqueles cristãos perseguidos por sua fé ou privados de liberdade religiosa – a celebração da Missa testemunhou a participação de aproximadamente 400 pessoas que se uniram em oração, sobretudo pelos cristãos no Iraque e na Síria. Pe. Carlos Khalil atualmente vive na Jordânia e recebe ajuda da AIS por seu trabalho em nome de centenas de refugiados que deixaram esses dois países como resultado da perseguição e da guerra, especialmente do grupo autointitulado Estado Islâmico (EI). Ele testemunhou a terrível situação que esses refugiados enfrentam e apelou à solidariedade do povo colombiano, enfatizando ao mesmo tempo a importância do direto de professar a própria fé sem restrições.

Referindo-se à situação no Oriente Médio, Dom Robles lembrou o fato de que, apesar de cada país e cada conflito ter suas próprias causas distintas, foi, no entanto, possível estabelecer algumas semelhanças com a situação da Colômbia. “O que está claro é que, por causa do sofrimento gerado pelo conflito armado na Colômbia, muitos católicos são impedidos de participar da liturgia e das atividades pastorais”, disse ele.

Dom Robles expressou a gratidão da Igreja da Colômbia dizendo que “apoiar a AIS vai ajudar a aliviar o sofrimento de tantos colombianos que são diariamente atingidos pelo flagelo da violência”. Na homilia, Dom Robles, do mesmo modo que se refere aos cristãos perseguidos, lembrou que a vida nem sempre é um caminho fácil, mas sim uma cruz que fazemos bem em reconhecer, assumi-la e, com ela, caminhar. “Jesus é este caminho, e Ele anda conosco em peregrinação”, afirmou.

A Colômbia é agora o quarto escritório nacional da AIS na América Latina, depois do Brasil, Chile e México. Ao todo, a AIS, uma instituição de caridade que nasceu em 1947 por iniciativa do padre holandês Werenfried van Straaten para ajudar os refugiados na Alemanha do pós-guerra, agora tem 21 escritórios nacionais em todo o mundo.

Para saber mais sobre o trabalho de AIS na Colômbia, acesse:
www.iglesiaquesufre.co
facebook.com/iglesiaquesufre

Leave A Comment

A ACN está na Copa do Mundo. Ajude-nos a ganhar!