//AIS envia ajuda emergencial para as Filipinas

AIS envia ajuda emergencial para as Filipinas

2009-10-06T15:56:40+00:00outubro 5th, 2009|Notícias|

A Ajuda à Igreja que Sofre providenciou uma ajuda emergencial para as Filipinas, país que sofre as conseqüências de catástrofes naturais de grande proporções.

Respondendo a um apelo desesperado por ajuda, a AIS enviou recursos para fornecer comida, água potável, cobertores, roupas e camas de hospital em meio a relatos de milhões de pessoas em necessidade urgente. A ajuda chegou até as Irmãs Dominicanas de Regina Rosarii e por elas será distribuído para o povo.

Pelo menos 250 pessoas morreram desde que o tufão Ondoy (Ketsana) atingiu as Filipinas no sábado (26 de setembro) e mais de dois milhões foram afetados pela catástrofe.

Em uma mensagem à Ajuda à Igreja que Sofre, a Irmã Maria Brasil, superiora geral das Irmãs Dominicanas de Regina Rosarii, disse: “Estamos aflitos! Podemos apenas chorar a dor que o nosso povo está sofrendo aqui “.

Irmã Maria continuou: “Por favor, venham em nosso auxílio. É uma emergência”.

A madre superiora relatou que o trabalho de assistência é ensombrado pela ameaça de um segundo tufão – muito pior que o primeiro.

O tufão Pepeng já foi anunciado pelas autoridades e tem ventos mais fortes do que Ondoy, chegando a 175 km/h perto de seu centro.

Irmã Maria disse: “Como se o tufão anterior não fosse suficiente, temos outro super tufão vindo. Isto desespera muita gente, e só podemos rezar”.

Apoiadas pelo Bispo Honesto Ongtioco de Cubao, o trabalho das Irmãs tem-se concentrado sobre as pessoas afetadas pelo desastre.

Irmã Maria disse: “Desde o primeiro dia do tufão, que inundou ruas e casas, nós temos servido sopa e refeições quentes para as vítimas da cidade de Quezon, particularmente para as famílias de rua, que também perderam seus barracos”.

Ela continuou: “Praticamente nós não temos dormido desde a grande enchente no último sábado. Estamos ajudando, em primeiro lugar, as famílias de rua que também estão deslocadas”.

Além de apoiar as vítimas das inundações na cidade de Quezon – cidade mais populosa do país e ex-capital – as Irmãs estão ajudando os afetados do município de Tanay Rizal.

Em sua mensagem à AIS, a Irmã Maria escreveu: “Deus abençoe a todos pela vossa compaixão. O Padre Werenfried [Fundador da AIS] certamente tem um coração para as pessoas “onde Deus chora”. Muito obrigado”.

Ela continuou a descrever, agora sobre a aldeia de Tanay, onde a maioria das casas foram arrastadas pela enxurrada, deixando 51 moradores feridos e 20 pessoas desaparecidas.

A Irmã fez menção em especial de um homem chamado Menardo David, que perdeu seus pais, esposa, dois filhos e um neto, na passagem do tufão. Irmã Maria disse para a AIS: “Já é ruim o suficiente perder a casa com suas coisas, quanto mais perder um ente querido ou a família inteira”.

Atordoadas com a escala da devastação, as Irmãs têm como prioridade aquelas áreas negligenciadas pela mídia e, portanto, com pouca ajuda. Ela disse: “Nós nos reunimos e com toda nossa força saímos para levar um pouco de esperança, comida e roupas. Mas, no entanto, isto não é suficiente”.

As Irmãs organizarão um retiro para prestar ajuda psicológica e espiritual às famílias cujos entes queridos morreram afogados no dilúvio. A Ajuda à Igreja que Sofre também está empenhada em fornecer ajuda a longo prazo, incluindo a reparação de edifícios de Igrejas e outras infra-estruturas devastadas pelo tufão.

2 Comments

  1. Dorival 9 de outubro de 2009 at 05:14 - Reply

    Meu Deus!, nem tenho o que comentar….fico sem palavras diante da dedicação dessas Irmãs, verdadeiros Anjos de Deus.
    Que Ele lhes abençoe com as forças necessárias para que elas e a AIS continuem esse trabalho, com meu apoio e orações.

  2. maria conceicao leite 12 de dezembro de 2009 at 00:06 - Reply

    Realmente fico sem palavras . É muito sofrimento. Como a gente pode ajudar ?

Leave A Comment

A ACN está na Copa do Mundo. Ajude-nos a ganhar!