//Boletim Maio 2009

Boletim Maio 2009

2012-08-17T18:08:29+00:00maio 1st, 2009|Boletim|

A convite do Santo Padre estamos celebrando um ano especialmente dedicado a São Paulo. O apóstolo das gentes perseguiu e foi perseguido. Atualmente recebemos dramáticos apelos de refugiados e expatriados. Lendo seus pedidos, imaginei uma oração desse grande apóstolo, intercedendo por esses seus irmãos em terras distantes:

Este é apenas o editorial do Boletim de Maio de 2009.
Você pode baixar o boletim na íntegra ao final deste texto (anexo).

 

Em Jerusalém, no Templo santo, contemplei o teu rosto escondido e o meu coração ardeu. Nessa tarde de êxtase, meus pobres olhos saciaram sua sede no teu olhar. Eu quis permanecer ali contigo. Teu amor urgia em mim. Coloquei toda a minha existência nas tuas cinco chagas, Jesus crucificado, vitorioso. Escutei então nitidamente a tua voz: “Apressa-te, parte imediatamente. Vai! Eu te mandarei para longe, às nações que não conhecem o meu nome”. Tornei-me, Senhor, teu peregrino. Fui de terra em terra, como tu, Nazareno, quando te expulsaram da tua aldeia. Fui estrangeiro em todo lugar. Tornei-me navegante, a tempestade esgotou minhas forças e as ondas inundaram o meu barco. Por tua causa, sempre por ti, segui adiante, pois outra coisa não podia fazer senão pregar a tua salvação. Tornei-me fraco para ganhar os fracos. Eu estava enfermo, ferido, por vezes sem conhecer o destino nem a rota. Um anjo mau de Satanás me esbofeteava, atraía-me com a tentação da desesperança e da sobrecarga. Três vezes te implorei: “Livra-me dessa terrível tortura”. Três vezes me respondeste: “Que te baste a minha graça, o meu amor gratuito. Que isso te baste”. Continuei migrando a outras terras para distribuir o pão da tua Palavra a todos os famintos pelo teu Evangelho. De modo especial, Jesus, olha hoje para os milhões e milhões de expatriados e refugiados. Olha para aqueles que, como Maria e José em Belém, não encontram lugar nas hospedarias, para aqueles que fogem, esgotados, assim como tu e tua família quando fugistes para o Egito. Desperta a generosidade daqueles que têm uma pátria, move-os para que socorram os irmãos e irmãs que são perseguidos por causa de sua fé, a todos os que são obrigados a fugir de sua pátria. Dános o teu Espírito Santo para que sejamos os braços abertos da Mãe Igreja, para acolhê-los e guiá-los a ti, a ti que és o único Caminho vivo para a casa do Pai. Amém.

O mundo passa por uma grave crise econômica. Os necessitados precisam de mais ajuda, não de menos. Ajudem-nos para que possamos assistir melhor aqueles a quem falta o mais necessário, para que Cristo possa se tornar presente entre os perseguidos e os expatriados. Com Maria imploremos o Espírito Santo. De coração, a minha bênção.

Leave A Comment