Padre Sebastiano D'Ambra parece cansado ao responder o telefonema da Ajuda à Igreja que Sofre (ACN). São três da tarde nas Filipinas. "Eu estava apenas atualizando a página do Silsilah", ele explica, enquanto desliga o computador. O missionário siciliano vive há quase 40 anos neste país do sudeste da Ásia trabalhando para o diálogo e paz entre cristãos e muçulmanos. Mais da metade da sua vida.

Publicado em Notícias

Em um apelo urgente para o mundo, o sacerdote franciscano Ibrahim Alsabagh está convidando todos os cristãos para orar pela cidade síria de Alepo, que padece em meio a combates pesados. "Nunca, desde o início desta guerra terrível, passamos por coisas tão ruins como as que estamos sofrendo agora. Não tenho palavras para descrever todo o sofrimento que eu vejo aqui todos os dias", informou o padre Ibrahim à Fundação Pontifícia Ajuda à Igreja que Sofre (ACN).

Publicado em Projetos
Quarta, 22 Junho 2016 16:39

As Mulheres Sem-Nome da Índia

Elas são encontradas à noite na rua, nuas e sem nome. São mulheres deficientes mentais que foram abandonadas por suas famílias. Algumas foram jogadas de um carro, de noite, num lixão.

Publicado em Projetos
Terça, 23 Agosto 2016 15:49

Colômbia: ajuda para o futuro da Igreja

A Diocese de Cúcuta, no nordeste da Colômbia, tem este ano uma razão especial para celebrar: o seminário diocesano comemora seu 30º aniversário de fundação. O reitor, padre José Abel Sierra Parra, escreveu à Ajuda à Igreja que Sofre (ACN): "Agradecemos a Deus pelo fato de que, durante este tempo, Ele nos abençoou não só com numerosas vocações, mas também com pessoas que nos têm ajudado muito, espiritual e materialmente."

Publicado em Projetos
Quarta, 24 Agosto 2016 17:55

Egipat House: Orfanato do Amor

Katarina folheia o álbum de fotografias dos últimos 20 anos, acompanhada das irmãs Admirata e Manda. Mas logo sua alegria é manchada pela melancolia. As fotografias guardam memórias dos vivos e felizes dias da infância. Agora ela se prepara para uma etapa nova de sua vida. Katarina é a filha mais velha do orfanato "Egipat House" da ordem Irmãs Servas do Menino Jesus. Seus pais eram refugiados durante a guerra na Bósnia e não tinham nenhuma condição de cuidar dos filhos. A solução provisória foi deixar Katarina e seu irmão mais velho, Stipo, com a avó. "A senhora estava muito sobrecarregada com a criação das duas crianças," irmã Admirata recorda, "e por isso as trouxe para cá." Katarina tinha dois anos de idade, quando foi morar com as freiras e agora, com dezenove anos, se prepara para deixar o orfanato, que se tornou a sua casa. "Fico um pouco nervosa quando penso como será a vida lá fora", diz ela. Irmã Admirata não vacila ao afirmar que "Katarina está bem preparada para o mundo adulto."

Publicado em Projetos
Quinta, 08 Setembro 2016 17:37

Miao, Índia: superando barreiras

A diocese de Miao está localizada em uma das regiões mais remotas e inacessíveis da Índia, no estado de Arunachal Pradesh, uma região na fronteira com a China, o Tibete e a Birmânia (Myanmar). Inclusive, pela proximidade da fronteira chinesa, os estrangeiros precisam de uma autorização oficial especial para ficarem na região.

Publicado em Projetos
Segunda, 06 Junho 2016 13:14

Esperança no meio do desespero

Deus pode consertar tudo. Ele pode transformar o mal em bem.

Publicado em Projetos

Asma, uma menina cristã - surda-muda - fugiu de um homem muçulmano que a tinha raptado, forçado a converter-se ao Islamismo e ao casamento islâmico. Após a fuga, a menina e a sua família, que se encontram Punjab no Paquistão, foram ameaçadas de morte pelos religiosos muçulmanos. De acordo com eles, Aysha, nome islâmico pelo qual é tratada, não pode regressar à sua família de origem visto que se converteu ao Islã e se casou com um muçulmano.

Publicado em Notícias

A Fundação Pontifícia Ajuda à Igreja que Sofre (ACN) aprovou mais uma série projetos para os próximos meses que dão continuidade ao auxílio às famílias mais carentes nas diversas cidades da Síria. Um foco especial desta ajuda é Alepo, que está atualmente na linha de frente da batalha entre exército do governo e grupos rebeldes, que ainda controlam o fornecimento de água e eletricidade da cidade. Ao mesmo tempo a ACN prometeu renovar o apoio às famílias dos refugiados internos da Síria, em cidades como Damasco e Tartus.

Publicado em Projetos

Em Alepo, na Síria, a luta está se intensificando novamente: "Se isso continuar, ainda mais cristãos irão embora" disse o arcebispo de Alepo, Dom Audo.

Publicado em Projetos
Página 1 de 4