Quarta, 10 Maio 2017 13:39

Foi há cem anos...

Escrito por Padre Fernando Antonio
Avalie este item
(9 votos)

Foi precisamente cem anos atrás que, no dia 13 de maio de 1917, Deus, em Sua misericórdia e providência, escolheu três crianças simples, Francisco, Lúcia e Jacinta, para fazer um forte apelo para a conversão do mundo através de Nossa Senhora.

Tudo o que Deus faz é bem feito e Ele nos confunde em nossos planos e estratégias: "Porque os Meus pensamentos não são os vossos pensamentos, nem os vossos caminhos são os Meus caminhos, diz o Senhor" (Is 55,8), e isso é bem verdade. Na realidade, nós só podemos entender Fátima de joelhos .... Só podemos compreendê-la através do Coração Imaculado de Maria e do coração simples dos pequenos Pastores de Aljustrel. Para os poderosos deste mundo, Fátima será sempre difícil... eles se sentem na necessidade de ficar fazendo contínuas e elaboradas interpretações racionais e intelectuais... a menos que aprendamos de uma vez por todas, a lição que Jesus já nos ensinou: "A menos que vocês mudem e se tornem como criançinhas, vocês nunca entrarão no reino dos Céus" (Mt 18,3).

Nossa Senhora, por vontade de Deus, não apareceu a nenhum líder da Igreja, a algum político ou jornalista e menos ainda a um Teólogo... mas escolheu e preparou estas crianças, agora canonizadas (Francisco e Jacinta). Eram três crianças de um lugar totalmente desconhecido e remoto em relação a Portugal, a Europa e ao Mundo. Quanto tempo, esforço e dinheiro desperdiçamos com nossos planos e estratégias pastorais. Quantas horas desperdiçamos com reuniões, com comissões, com a discussão de planos e de milhares de outras atividades que nos mantêm ocupados, mas que, na realidade, é preciso admitir, revelam-se decepcionantes e infrutíferas. Por outro lado, essas três crianças, com toda a sua impotência e humildade, responderam ao chamado de Deus e se comprometeram com a única coisa necessária. Eles fizeram o que o Anjo e a Virgem Maria lhes haviam pedido: oração e penitência. E, através deles foi revelado ao mundo que o Evangelho de Jesus ainda está vivo, é válido e é necessário.

Se o apelo feito por Nossa Senhora cem anos atrás era pertinente, neste momento em que vemos tantas pessoas abandonando ou relativizando a fé, ele é mais que pertinente, ele é urgente! O que estamos fazendo com a Mensagem de Fátima? As nossas famílias começaram a rezar o Rosário todos os dias para que eles possam voltar a ser Famílias Cristãs? Tomamos a decisão de não ofender o Senhor nosso Deus, que já está tão ofendido?

Padre Fernando Antonio
Capelão da MSM (Milícia Sanctae Mariae - Portugal)


Lido 3436 vezes

Mídia

1 Comentário

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.