Quarta, 05 Agosto 2009 15:37

Senhor, estou à tua porta e bato

Escrito por Padre Werenfried
Avalie este item
(9 votos)

Senhor, estou à tua porta e bato. A todas as janelas de tua casa chamo e peço...

Tu me deixaste embaraçado com tua palavra: "todas as vezes que o fizestes a um destes pequeninos, que são meus irmãos, foi a mim que fizestes" (MT 25,40). Tomei-te ao pé da letra: Se alguém me pedia em teu nome, não me atrevia mandá-lo embora sem tê-lo ajudado. Eu sempre imaginava que tu mesmo estivesses ali, na minha frente, e te queixasses do teu sofrimento. E disse "sim" todas as vezes que tu vinhas e pedias para ti mesmo. Pois toda nossa ajuda serve a ti, que padeces em teus irmãos sofredores.

Tu não decepcionastes minha confiança! Continuamente tocastes os corações, de tal maneira que minhas mãos foram preenchidas de bens e puderam partilhá-los.

Não existe serviço postal para o céu. Quem quiser escrever uma carta a Deus, tem de endereçá-la a uma pessoa, em quem Deus habita.

Lido 8250 vezes Última modificação em Quarta, 29 Agosto 2012 11:06

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.