Segunda, 10 Maio 2010 09:27

Vigília Pascal

Escrito por Padre Werenfried
Avalie este item
(0 votos)

Aleluia! Cristo ressurgiu realmente. Este é o dia que o senhor fez para nós. Alegremo-nos e nele exultemos. Aleluia, aleluia, aleluia!

A aleluia da Páscoa explode depois de uma longa quaresma, como o grito incontido da vitória do Cristo ressuscitado. Mas, a despeito de quase duas mil Festas da Ressurreição e de milhões de aleluias, o mundo não mudou. A vida segue sua rotina costumeira: crime, corrupção, fraude, covardia, traição, assassinato, guerra, ódio e cada vez mais ódio. Ódio entre pessoas, povos e sistemas, que nunca se cansam de destruir.

Será que se abre um abismo entre a aleluia e a realidade?
Será a aleluia da Páscoa um grito que se dissipa no vento?

Não! A igreja militante, à qual nós todos pertencemos, se levanta em meio à realidade das pessoas em luta. A aleluia lhe é inspirada pela fé na cruz e na Ressurreição. É o canto de vitória do Cristo morto e ressuscitado, contra todas as leis da natureza, que nos reconcilia com Deus e nos dá sua própria vida, para que com ele possamos enfrentar todos os temores do nosso tempo.

Lido 7089 vezes Última modificação em Quarta, 29 Agosto 2012 10:57
Mais nesta categoria: « Sexta-Feira da Paixão Páscoa »

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.