Segunda, 10 Maio 2010 09:17

Segundo Advento

Escrito por Padre Werenfried
Avalie este item
(1 Voto)

Haverá glória a Deus quando todos os seus filhos o amarem como Pai, e a paz na terra só será possível quando nos amarmos uns aos outros. Os pecados de Adão e Caim provocaram a ruptura com Deus e semearam inimizade entre os homens. A missão de Jesus foi restabelecer o amor a Deus e a unidade entre os homens. Ele o fez de maneira tão eminente que Deus, por sua causa, se reconciliou conosco e nos fez seus filhos.

Esta nobreza nos confere a elevada exigência de “imitar” Jesus de modo tão fiel, que nos assemelhas em tudo a Ele, o único que é Santo e o único no qual o Pai tem sua complacência. Não alcançamos isso com nossas próprias forças. Por esse motivo, Ele mesmo vem anos na Sagrada Eucaristia e quer sempre renascer em nós.

E ainda que a ânsia pela paz na terra aumente sempre mais, não poderemos produzir paz. Ela somente pode avançar um passo à custa de heroísmo. Nossa influência não é muito grande. Mas podemos cuidar para que ao menos duas pessoas sigam o chamado de Deus, que em duas pessoas a imagem de Cristo seja visível, que duas pessoas frágeis tentem mostrar boa vontade: você e eu.

Lido 7684 vezes Última modificação em Quarta, 29 Agosto 2012 11:21

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.