ACN

ACN

URL do site: http://acn.org.br

O filme "Watu Wote: All of Us" foi indicado para o Oscar na categoria "Melhor Curta de Ação". O filme de 22 minutos é baseado em uma história real e conta o que aconteceu aos passageiros em uma viagem de ônibus para Mandera, uma pequena cidade no nordeste do Quênia, fronteira com a Somália, em dezembro de 2015. O ônibus foi atacado por membros da organização terrorista al-Shabab. O grupo tentou repetir o ataque que realizaram um ano antes (em novembro de 2014). Nessa ocasião, os passageiros cristãos foram separados dos muçulmanos e, depois, assassinados. O massacre custou a vida de 28 pessoas. Desta vez, no entanto, os passageiros muçulmanos se recusaram a cumprir as exigências dos atacantes de se separarem dos cristãos, impossibilitando a identificação entre eles e salvando a vida dos cristãos.

Quarta, 14 Fevereiro 2018 15:05

Campanha de Quaresma 2018 - Índia

A Fundação Pontifícia ACN inicia sua campanha de quaresma dedicada a Índia, onde em alguns estados do norte a pobreza atinge um a cada três habitantes. Pobreza e riqueza estão lado a lado, em um duplo sentido. Grande parte da população é considerada dalit – os sem-casta, completamente excluídos e subjugados.

Em uma conferência de imprensa realizada em Colônia, na Alemanha, no último fim de semana, pela Fundação Pontifícia ACN, arcebispos oriundos da Nigéria e da Síria falaram sobre a dramática e difícil situação enfrentada pelos cristãos em seus respectivos países. Dom Matthew Man-Oso Ndagoso, da diocese de Kaduna, no norte da Nigéria, e Dom Joseph Tobji, arcebispo maronita de Alepo, na Síria, falaram sobre os perigos e ameaças constantes de violência, sobre o grande número de deslocados e refugiados e, até mesmo, sobre o perigo da extinção do cristianismo em suas terras.

Swetha pertence também à casta mais baixa, os dalits. Ela não sabe dizer quantos anos tem – pois os dalits raramente têm documentos. Eles são amplamente excluídos da sociedade – essa é a primeira discriminação. Quando um dalit se torna cristão, ele perde até mesmo o apoio que o Estado reserva para os mais pobres entre os pobres – esse é o segundo tipo de discriminação.

A convicção pela vida cristã, apesar dos riscos, é a motivação da vida de Bita. Sua fé é o segredo de tanta ousadia. Bita compõe o reduzido número de cristãos que vivem no norte da Índia. Apesar de toda exuberância com seus costumes exóticos e tradições milenares, a Índia esconde uma realidade sombria atrás do véu multicores tão representativo em sua cultura. Os cristãos, cerca de 2% da população, vivem uma crescente onda de violência na região. A perseguição deve-se, em grande parte, ao surgimento de grupos fundamentalistas, promovido por grupos políticos religiosos, que se manifestam na crescente aplicação da lei anticonversão, já vigente em seis estados.

Sexta, 09 Fevereiro 2018 11:02

Índia: Quando Deus toca um intocável

“Vivemos neste canto do mundo, esquecidos por todos”. Esse dolorido lamento é de Asha, uma camponesa mãe de quatro filhos, que vive no segundo país mais populoso do mundo, a Índia. A sensação de abandono e marginalidade parte do total desprezo que ela vive todos os dias, como os outros 60% de cristãos que, como ela também, são Dalits.

Terça, 06 Fevereiro 2018 11:39

Solidariedade com os cristãos do Egito

"Esses ataques não prejudicam a unidade da comunidade egípcia". As palavras são do Patriarca da Igreja Ortodoxa de Alexandria e chefe da Igreja Copta Ortodoxa, Tawadros II, para delegação da Fundação Pontifícia ACN.

Quinta, 01 Fevereiro 2018 14:07

Dia Mundial da Vida Consagrada

2 de fevereiro: a Igreja celebra o "Dia Mundial da Vida Consagrada".

No ano da Misericórdia (2016) o Papa Francisco confiou à ACN uma missão: “Eu convido a todos, juntos com a Ajuda à Igreja que Sofre, a fazer em cada lugar do mundo uma obra concreta de misericórdia, uma estrutura para tantas necessidades que existem hoje no mundo.”

Helda Khalid Jacob Hindi, dez anos de idade, estudante do quinto ano, sabe bem o que fala. Ela é apaixonada pela vida. Helda e sua família - mãe, pai e um irmão mais novo - voltaram recentemente para Qaraqosh na Planície de Nínive, Iraque, depois de passar três anos abrigada no Curdistão. Ela se lembra claramente da noite de 6 de agosto de 2014, quando as forças do grupo autodenominado Estado Islâmico (EI) invadiu sua cidade e as famílias cristãs tiveram que fugir.

Página 1 de 23