Crianças cristãs que estão em campos de refugiados no Sudão não estão recebendo comida, a menos que recitem orações islâmicas. As informações são dos relatórios recebidos por fontes próximas da ACN – Fundação Pontifícia Ajuda à Igreja que Sofre.

Publicado em Notícias
Segunda, 27 Março 2017 14:29

12 mil casas danificadas pelo EI

Mais de 12 mil casas em 12 aldeias cristãs na Planície de Nínive acabaram sendo danificadas pelo grupo autodenominado Estado Islâmico (EI); 669 foram totalmente destruídas. Este é o resultado de pesquisa realizada pela ACN – Fundação Pontifícia Ajuda à Igreja que Sofre. Segundo a pesquisa, os custos necessários para a reconstrução somam mais de 200 milhões de dólares.

Publicado em Notícias

Na Planície de Nínive, no Iraque, existem 363 igrejas e outras propriedades eclesiais que foram danificadas ou destruídas pelo grupo autodenominado Estado Islâmico (EI) e agora precisam ser reconstruídas. As irmãs dominicanas Luma Khuder e Nazek Matty não escondem a ansiedade: "Esperamos poder retornar para Teleskuf o mais rápido possível. As famílias precisam de nós". Padre Andrzej Halemba, presidente do Comitê de Reconstrução de Nínive e responsável pelos projetos da ACN para o Oriente Médio, confirmou que "450 famílias já voltaram para Teleskuf" e espera que muitas outras possam fazer como eles.

Publicado em Projetos

Agora que Mossul foi liberada, poderão os cristãos retornar em breve para as suas casas? Segundo Dom Petros Mouche, arcebispo católico siríaco da segunda maior cidade do Iraque, ainda é muito cedo para isso, mas ele enfatizou a importância de aprender com os acontecimentos passados e da restruturação da paz.

Publicado em Notícias

Recentemente, uma delegação da ACN – Fundação Pontifícia Ajuda à Igreja que Sofre – visitou o Sudão. Somente em 2016, a instituição de caridade apoiou a Igreja no país africano com quase dois milhões de reais.

Publicado em Notícias
Quarta, 22 Março 2017 11:02

Alepo está esperando por você

"Alepo está esperando por você" é o título dado ao chamado que estamos lançando ao nosso povo que saiu do país por causa dessa guerra que espalhou o terror e a miséria na Síria. É com base nesse título que estamos trabalhando nos últimos meses no projeto «Retorna» e, com os aparentes sinais de pacificação, esperamos que também nos próximos.

Publicado em Projetos
Quarta, 07 Dezembro 2016 14:56

O Padre do Povo

A sua história é exemplar. E inflama a nossa própria fé. Expulso da sua aldeia no auge dos ataques jihadistas no Iraque, Martin Baani foi obrigado a fugir, como todos os outros, apenas com a roupa do corpo. Só teve tempo para salvar o Santíssimo da igreja de Karamlesh, onde vivia. Todo o resto ficou para trás.

Publicado em Notícias
Quinta, 26 Janeiro 2017 12:34

Luta pela sobrevivência no Sudão do Sul

Sudão do Sul, localizado no coração da África, é uma das nações mais jovens do mundo. Ganhou sua independência do Sudão em julho de 2011. Dois anos mais tarde, estourou uma guerra civil, entre o dominante Exército de Libertação Popular do Sudão (Sudan People's Liberation Army -SPLA) e a oposição. O conflito tornou-se desde então uma guerra tribal brutal. O "Acordo sobre a Resolução do Conflito na República do Sul do Sudão", assinado por ambas as facções em agosto de 2015 trouxe paz temporária. O conflito ressurgiu em meados de 2016 e persiste até hoje. Enquanto isso, os cidadãos comuns do Sudão do Sul sofrem com a fome e são capturados no conflito. A ONU calcula que há 1,7 milhões de deslocados internos no país, 75% destes estão lutando para sobreviver nos três estados mais atingidos pelo conflito: Unity, Upper Nile e Jonglei.

Publicado em Notícias
Terça, 01 Agosto 2017 13:56

Leite para as crianças de Alepo

A ACN – Ajuda à Igreja que Sofre – apoia o projeto “Gota de leite”: distribuição mensal de leite em pó para 2.850 crianças. Uma pequena delegação da ACN esteve presente na última entrega para as famílias e conta como foi.

Publicado em Projetos
Quarta, 11 Janeiro 2017 15:17

Testemunho de vidas sob poder do EI

Há dois meses, Ismail fugiu de Mossul, Iraque, com sua mãe Jandark Behnam Mansour Nassi, depois de viver sob o terror do grupo autodenominado Estado Islâmico (EI) por dois anos. Ismail e Jandark hoje vivem em Erbil, na “Região Autônoma Curda Iraquiana” (Iraqi Kurdish Autonomous Region). Eles nos contaram sua história e voltaram ao tempo que passaram sob o domínio do EI.

Publicado em Notícias
Página 1 de 3