Quinta, 13 Abril 2017 10:01

Uma religiosa católica no Níger

É início de janeiro de 2015: Por toda parte os meios de comunicação divulgam caricaturas de Maomé copiadas da revista satírica francesa "Charlie Hebdo". A partir disso, a tensão tem aumentando no Níger. Em 16 e 17 de janeiro deste mesmo ano, manifestantes muçulmanos furiosos começam a atacar igrejas e escolas, conventos e casas religiosas e também cristãos pelas ruas. Zinder e Niamey são as regiões mais afetadas. Os incêndios também estão ocorrendo em Maradi e em outras regiões. Nós – religiosas católicas no Níger desde 2006 – nos preparamos para o pior.

Publicado em Notícias
Segunda, 08 Setembro 2014 15:27

Na Nigéria: o maligno Boko Haram

O mundo cristão está focado no Iraque, onde milhares de fiéis estão refugiados em seu próprio país, perseguidos e brutalmente atacados pelos radicais do Estado Islâmico. Enquanto isso, o país mais populoso da África está sob o cerco das forças jihadistas, igualmente determinados a impor sua mão de ferro por meio de uma campanha de assassinatos implacável e que recentemente começou a recrutar meninos de 10 anos para usá-los como homens-bomba.

Publicado em Notícias

Padre Sebastiano D'Ambra parece cansado ao responder o telefonema da Ajuda à Igreja que Sofre (ACN). São três da tarde nas Filipinas. "Eu estava apenas atualizando a página do Silsilah", ele explica, enquanto desliga o computador. O missionário siciliano vive há quase 40 anos neste país do sudeste da Ásia trabalhando para o diálogo e paz entre cristãos e muçulmanos. Mais da metade da sua vida.

Publicado em Notícias

"Se a situação não mudar, o mundo inteiro deverá assumir a responsabilidade por um lento genocídio de todo um componente da sociedade iraquiana e sua cultura milenar" - Patriarca Louis Raphael I Sako, de Bagdá.

Publicado em Notícias

Após serem acusados de queimar algumas páginas do Alcorão, um casal cristão foi incinerado em um forno de tijolos por um grupo de muçulmanos no Paquistão.

Publicado em Notícias

A Fundação Pontifícia Ajuda à Igreja que Sofre (AIS) prestará auxilio às pessoas que fugiram dos ataques do grupo terrorista islâmico Boko Haram, no norte da Nigéria, em resposta a um pedido do Bispo da Diocese de Maiduguri (no nordeste da Nigéria), Dom Oliver Doeme. A AIS acaba de aprovar um pacote de ajuda para assistência às pessoas refugiadas em sua Diocese.

Publicado em Projetos

Após o golpe de estado na República Centro-Africana, em 24 de Março, tornou-se mais difícil para as crianças-soldado ugandesas – raptadas para ingressarem nos grupos rebeldes que atuam naquele país, como o Exército de Libertação do Senhor (LRA) – regressarem à sua terra natal.

Publicado em Notícias

Passando praticamente despercebida pela opinião pública internacional, na República Centro-Africana um novo drama de perseguição dos cristãos está em pleno desenvolvimento. Segundo informação enviada por fontes eclesiásticas centro-africanas à Ajuda à Igreja que Sofre (AIS), os locais de missões e as igrejas foram saqueadas, destruídas e até mesmo incendiadas por tropas favoráveis ao novo Governo do auto proclamado presidente Michel Djotodia, líder da coligação rebelde Séléka.

Publicado em Projetos

Uma das maiores ações de ajuda já anunciadas pela Fundação Pontifícia Ajuda à Igreja que Sofre (AIS) beneficiarão milhares de cristãos iraquianos, que tiveram de deixar suas casas e cidades, com alimentação, moradia, escola e presentes para as crianças em um programa de ajuda emergencial que se dará antes do início do inverno.

Publicado em Projetos

"O coração de cada homem e de cada mulher tem em si o desejo de uma vida plena, um anseio indelével de fraternidade, que convida-nos à comunhão com os outros, em que não encontramos inimigos ou adversários, mas irmãos que devemos acolher e abraçar" Papa Francisco, Dia Mundial pela Paz 2014

Publicado em Notícias
Página 1 de 19