Sexta, 10 Março 2017 16:50

6 anos de guerra na Síria

Uma mulher chora. Coberta com véu onde está escrito em árabe “Síria”. Grávida, a mulher derrama lágrimas sobre seu ventre onde estão dois bebezinhos lutando. A mãe levanta um punhal com suas mãos ameaçando de morte os frutos do próprio ventre. Esse é um dos inúmeros desenhos enviados de Alepo e de outras cidades na Síria à ACN – Fundação Pontifícia Ajuda à Igreja que Sofre. As cenas desenhadas pelas crianças são sobre bombardeios, morte, choro, casas destruídas, armas, fogo e guerra, e revelam o profundo sofrimento que têm passado nos últimos seis anos. Em um outro desenho, um homem com uma mala está chorando. Sua mulher com lágrimas nos olhos se despede dele. Ela usa um vestido rosa com corações.

Publicado em Notícias

Junto à Fundação Pontifícia ACN (Ajuda à Igreja que Sofre), o vice-presidente do parlamento europeu Antonio Tajani e o enviado especial para liberdade e religião da UE (União Europeia) Jan Fidel, organizarão no próximo dia 6 de dezembro, uma videoconferência entre os políticos do parlamento europeu e crianças de Alepo, Síria.

Publicado em Notícias

O conflito em Alepo nos últimos dias tem sido especialmente bem violento. Tanto a leste como a oeste, de quarteirão em quarteirão, de rua em rua, intenso bombardeio combinado com tiros de armas de fogo tem marcado o fluxo e refluxo da guerra entre os rebeldes e as forças governamentais. O controle de Alepo, a segunda maior cidade da Síria, é decisivo para a resolução do conflito que custou mais de 400.000 vidas e consome o país por quase 6 anos.

Publicado em Notícias
Quinta, 06 Outubro 2016 16:03

Paz para as crianças da Síria

Nesses dias, crianças de mais de 2.000 escolas sírias estão escrevendo mensagens e fazendo desenhos para aqueles que são os responsáveis pelas decisões na União Europeia e na ONU, sob o lema “Paz para as crianças da Síria”. Já são mais de um milhão de crianças participantes. Todo esse esforço pela paz faz parte de uma campanha conjunta dos cristãos católicos e ortodoxos da Síria, cujo convite doi extendido a todas as outras comunidades de diferentes religiões.

Publicado em Notícias

Com desenhos e mensagens recolhidas de aproximadamente 1,2 milhão de crianças – cristãs e muçulmanas – em escolas de Homs, Alepo e Damasco (na Síria), os representantes das três principais igrejas do país levaram um apelo de paz à ONU e à União Europeia (UE).

Publicado em Notícias

Nos últimos dias, mais de um milhão de crianças em mais de 2.000 escolas em toda a Síria participaram de apelo pela paz, fizeram desenhos e cartas aos responsáveis pelas tomadas de decisões na União Europeia e na ONU. Os embaixadores das crianças, o Patriarca Gregório III, líder da Igreja Greco-Melquita, como também o Metropolita George Abou Zakhen, de Homs, que representa o Patriarcado de Antioquia e todo o Ocidente da Igreja Greco-Ortodoxa, e o Bispo Selvanos Boutros Al Nemeh de Homs do Patriarcado Sírio-Ortodoxo, viajam juntos à Bruxelas e Genebra, do dia 10 a 13 de outubro, para apresentar as cartas e desenhos das crianças aos mais altos representantes da União Europeia e das Nações Unidas. Entre eles, o presidente da Comissão Europeia, Jean Claude Juncker, e o presidente do Parlamento Europeu, Martin Schulz. Em Genebra, eles levarão as mensagens das crianças ao Alto Comissário para Refugiados, Dr. Filippo Grandi, e ao Alto Conselheiro de Direitos Humanos, Príncipe Al-Huzain.

Publicado em Notícias