Quarta, 22 Março 2017 16:31

Um ano pós terremoto no Equador

Faz um ano que o Equador viu que “seu mundo ruía”. Segundo fontes oficiais¹, foram 661 mortos e milhares de pessoas que perderam suas casas e trabalhos. Muitos deles ainda vivem na rua, em cabanas de bambu ou containers pré-fabricados nos quais, teoricamente, ficariam por algumas semanas. “Cerca de 1500 a 2000 pessoas sofrem nessas circunstâncias”, diz Pe. Walter Coronel - que supervisiona os projetos de reconstrução na Arquidiocese de Portoviejo - durante visita a sede internacional da ACN – Ajuda à Igreja que Sofre. “Muitas delas vivem em áreas rurais pobres, onde as condições já eram difíceis mesmo antes do terremoto e, agora, estão ainda piores. É impossível que sigam adiante sem ajuda”.

Publicado em Projetos

A paróquia de "Cristo Obrero" na diocese de Gregorio de Laferrere precisa de mais uma capela para atender os fiéis.

Publicado em Projetos
Terça, 10 Janeiro 2017 13:18

Paraguai: o Reino é semeado

O vicariato de Chaco Paraguaio está localizado no oeste do Paraguai. Há 11 grupos indígenas de etnias diferentes vivendo dentro desse território, cada um falando sua própria língua. A região cobre uma área de 96 mil km² - quase o tamanho da Áustria. Os cerca de 30 mil habitantes do vicariato vivem dispersos e seu sustento vem de tudo o que solo, saturado de sal e, às vezes, pantanoso pode produzir. Muitos jovens não veem futuro para eles ali e outros também não completam os estudos, ao invés disso, emigraram para outras partes do país em busca de emprego, ou se envolvem com gangues de rua. Há uma grande ruptura da estrutura familiar tradicional e muitos pais se veem incapazes de instruir, direcionar bem os seus filhos.

Publicado em Projetos

O sacerdote Miguel Ángel Machorro que foi apunhalado por arma branca nesta segunda-feira, dia 15 de maio, pela tarde, no altar-mor da Catedral Metropolitana do México, está entre a vida e a morte, segundo informado na coletiva de imprensa realizada na própria igreja.

Publicado em Notícias
Segunda, 15 Maio 2017 16:04

Indo mais longe...

Há 45 anos a irmã Maria Luisa Maduell deixou tudo para seguir a Cristo na Congregação das Irmãs de Jesus. Uma vocação que a levou da Espanha para o interior da região amazônica do leste do Peru, no vicariato apostólico de Yurimaguas, uma região em grande parte coberta pela floresta tropical. Ela acredita que foi a Providência que a enviou aos indígenas da floresta tropical.

Publicado em Projetos
Terça, 04 Abril 2017 08:11

Haiti: a Igreja é a esperança

Marco Mencaglia, encarregado da seção haitiana da Fundação Pontifícia ACN - Ajuda à Igreja que Sofre - viajou ao Haiti para uma visita. Seu objetivo: fazer um balanço da ajuda que a instituição de caridade tem concedido nos últimos anos e determinar as necessidades futuras da igreja local. De acordo com o "Índice de Estados Frágeis" (1), o Haiti é o país do mundo mais frágil entre os países em que nenhuma guerra foi travada recentemente. É classificado como o décimo neste índice, mesmo antes de países em guerra como o Iraque ou o Paquistão. A entrevista foi realizada por Maria Lozano.

Publicado em Notícias
Sexta, 02 Junho 2017 14:51

Mais sacerdotes para o Equador

Durante os 36 anos de sua existência, o seminário maior da diocese de Ibarra, no norte do Equador, já produziu 172 sacerdotes. Atualmente, há mais 46 jovens estudando no seminário dedicado a Nossa Senhora da Boa Esperança. Eles também esperam que um dia possam ser capazes de servir como sacerdotes no altar do Senhor.

Publicado em Projetos
Terça, 04 Outubro 2016 13:47

El Salvador: serviço que toca o coração

A misericórdia é um trabalho duro. As Servas da Divina Misericórdia, da Paróquia de São Miguel em Osicala, São Salvador, confirmam isso diariamente.

Publicado em Projetos

A congregação das Irmãs dos Idosos Desamparados (Hermanitas de los Ancianos Desemparados) foi fundada na Espanha em 1873 para ajudar os pobres, necessitados e idosos abandonados, pessoas que já não têm mais ninguém para recorrer. Hoje a congregação tem nada menos que 204 casas em 19 países diferentes, em 4 continentes. Muitas delas na América Central e do Sul, mas as irmãs também atuam nas Filipinas, Moçambique e Europa.

Publicado em Projetos

A cerca de 97 km de distância da capital La Paz, na Bolívia, se encontra a pequena cidade de Coroico. Uma cidade rural cujo cultivo principal é de café e coca, e numa menor escala também milho, abacaxi e alguns outros vegetais. Todavia, a criação de aves e porcos constitui a principal atividade econômica local.

Publicado em Projetos
Página 1 de 2