Dom Juan José Aguirre, missionário espanhol e bispo de Bangassor, República Centro-Africana, em declarações feitas ao escritório da ACN – Fundação Pontifícia Ajuda à Igreja que Sofre – na Espanha, denunciou o aumento da violência na sua cidade contra a população muçulmana por parte do “Anti-balaka”, grupo guerrilheiro armado de maioria animista e clara tendência anti-muçulmana.

Publicado em Notícias
Quinta, 26 Janeiro 2017 12:34

Luta pela sobrevivência no Sudão do Sul

Sudão do Sul, localizado no coração da África, é uma das nações mais jovens do mundo. Ganhou sua independência do Sudão em julho de 2011. Dois anos mais tarde, estourou uma guerra civil, entre o dominante Exército de Libertação Popular do Sudão (Sudan People's Liberation Army -SPLA) e a oposição. O conflito tornou-se desde então uma guerra tribal brutal. O "Acordo sobre a Resolução do Conflito na República do Sul do Sudão", assinado por ambas as facções em agosto de 2015 trouxe paz temporária. O conflito ressurgiu em meados de 2016 e persiste até hoje. Enquanto isso, os cidadãos comuns do Sudão do Sul sofrem com a fome e são capturados no conflito. A ONU calcula que há 1,7 milhões de deslocados internos no país, 75% destes estão lutando para sobreviver nos três estados mais atingidos pelo conflito: Unity, Upper Nile e Jonglei.

Publicado em Notícias

Dia após dia, o pequeno Jean-Thierry fazia sorvete a partir de vinte litros de suco de limão para vender na rua. Ele nem mesmo tomava um pouquinho, não importava o quão seca estava a sua garganta por causa do calor e da poeira. Ele estava fazendo isso para ajudar seus pais a ganhar a vida, porque a família era pobre. Mas em seu coração, o menino tinha um grande sonho: ele queria ser como Jesus! E para conseguir isso, ele queria se tornar um sacerdote.

Publicado em Deus quer falar
Terça, 23 Maio 2017 13:56

Aprendendo sobre Jesus...

Construção de duas salas para catequese na Paróquia de São Paulo Apóstolo das Nações da diocese de Dapaong, Togo.

Publicado em Projetos
Quinta, 20 Abril 2017 17:43

Ataque ao seminário

A onda de violência que tem agredido a República Democrática do Congo continua afetando também a Igreja. Contudo, ainda há esperança por paz. Representantes do seminário de Malole, que sofreu um ataque recentemente, pedem orações pela paz no país para que assim possam retornar às atividades do seminário. A ACN – Ajuda à Igreja que Sofre - planeja auxiliar na reforma, assim que a paz seja uma realidade.

Publicado em Notícias

14 membros da ACN – Fundação Pontifícia Ajuda à Igreja que Sofre, incluindo diretores e membros do departamento de comunicação de diversos escritórios nacionais, viajaram em março para os estados de Borno, Jos e Kaduna, no norte da Nigéria em busca de informações sobre a situação dos cristãos na região e também em solidariedade a eles, em razão das tensões e violência dessa parte do país de maioria muçulmana.

Publicado em Notícias

O Cardeal Dieudonné Nzapalainga, Arcebispo de Bangui, percorreu recentemente todas as dioceses da República Centro-Africana. Seu trajeto começou na diocese de Bouar, no noroeste do país. Enquanto esteve lá, de 22 a 24 de fevereiro, visitou a paróquia de Bozoum e a cidade de Bocaranga, onde há pouco, no início de fevereiro, protagonizou um grave episódio de violência. Seu programa também incluiu encontros com os chamados rebeldes. O padre Aurelio Gazzera, pároco de Bozoum, acompanhou o Cardeal. No dia 26 de Fevereiro, ele falou com a ACN sobre esta visita.

Publicado em Notícias
Quinta, 09 Fevereiro 2017 12:29

A ACN na África

“É noite na África. E, no meio desta noite, eu viajo de Roma a Kinshasa. A viagem leva 6 horas”. O comentário está datado em abril de 1965 e registrado no livro “Onde Deus Chora” (Where God Weeps). Seu autor é padre Werenfried van Straaten, fundador da ACN (Ajuda à Igreja que Sofre). As linhas que abrem essa reportagem percorrem os momentos prévios da sua chegada na capital da República Democrática do Congo. Aquela primeira presença no continente se limitou a nove dias durante os quais, além de Kinshasa, conheceu Kivu, Isiro e Kisangani. Durante seu regresso, descreveu os passos dados naquele itinerário como “as estações da Via Sacra”. Depois daquele primeiro trajeto, ocorreram mais cinco viagens, de setembro de 1968 até os finais da década de 80, nas quais o também chamado de Padre Toucinho conheceu as misérias do continente e a pobreza da Igreja. Mas também já visualizava o trabalho que a Igreja deveria realizar na África e o apoio que a ACN poderia oferecer naquele caminho.

Publicado em Notícias

O período da Quaresma nos proporciona uma excelente oportunidade, uma vez mais, para aprofundar nossa vida interior, para fazer mais boas obras, buscar o perdão de Deus e tentar curar relacionamentos quebrados. Durante este tempo, as leituras das escrituras nos lembram que aqueles que retornam ao Senhor, mesmo que estejam despedaçados pelo pecado, Ele os curará, cuidará de suas feridas e os trará para uma vida espiritual saudável.

Publicado em Deus quer falar
Quinta, 13 Abril 2017 10:01

Uma religiosa católica no Níger

É início de janeiro de 2015: Por toda parte os meios de comunicação divulgam caricaturas de Maomé copiadas da revista satírica francesa "Charlie Hebdo". A partir disso, a tensão tem aumentando no Níger. Em 16 e 17 de janeiro deste mesmo ano, manifestantes muçulmanos furiosos começam a atacar igrejas e escolas, conventos e casas religiosas e também cristãos pelas ruas. Zinder e Niamey são as regiões mais afetadas. Os incêndios também estão ocorrendo em Maradi e em outras regiões. Nós – religiosas católicas no Níger desde 2006 – nos preparamos para o pior.

Publicado em Notícias
Página 1 de 3