Abertura de Projeto

Informamos abaixo quais são os tipos de pedidos pastorais atendidos e apoiados pela Ajuda à Igreja que Sofre no Brasil e no mundo.

A Fundação Pontifícia Ajuda à Igreja que Sofre não viabiliza ajuda para projetos sociais da comunidade, os projetos devem ser pastorais e solicitados pelo responsável da Paróquia (organismo eclesial) com o conhecimento do Bispo local, ou responsável da Congregação Religiosa interessada.



São atendidas as iniciativas que significam uma maior e melhor evangelização, isso inclui:

  • Formação inicial de Seminaristas, Noviços/Noviças e Junioristas;
  • Formação permanente para sacerdotes e religiosos/religiosas
  • Bolsas para Sacerdotes e Irmãs, para estudos de especialização.
  • Ajuda existencial para Religiosas que trabalham na pastoral e Irmãs contemplativas;
  • Intenções de missas para Sacerdotes necessitados (via Diocese ou Congregação);
  • Ajuda parcial na construção e reforma de igrejas, capelas, salas de catequese, conventos e seminários;
  • Ajuda parcial na aquisição de veículos para o trabalho pastoral;
  • Bíblias e livros teológicos/filosóficos;
  • Material para a catequese (livros, catecismos, audiovisuais, etc);
  • Difusão de programas de catequese nos diferentes meios de comunicação;
  • Ajuda para a defesa da vida humana e fortalecimento do matrimônio e da família cristã

Os pedidos de ajuda devem ser acompanhados pelas seguintes informações:

  • Descrição da Paróquia (comunidade) e atividades pastorais desenvolvidas;
  • Dados da Congregação (comunidade);
  • Dados do projeto;
  • Número, nome e atividade das pessoas a serem beneficiadas
    (Seminaristas: idade, curso, ano e local de estudo, bolsa de estudo, número da conta corrente da Paróquia ou do solicitante);
  • Orçamento detalhado dos gastos previstos;
  • Faturas proformas (orçamentos);
  • Indicar se fez o pedido também para outras organizações (nomes das mesmas) e quais as respostas obtidas;
  • Valor solicitado da nossa Obra
  • Se possível com algumas fotografias que ilustram a situação;
  • Assinatura do Padre ou Madre e carimbo da Paróquia ou Diocese;
  • Aprovação (por escrito) do Bispo ou da Madre Geral no caso de Congregação;
  • Dados bancários da pessoa jurídica responsável (titular da conta, CNPJ, número da conta, número da agência)

E todas as demais informações que julgue aptas à apreciação.



Os pedidos devem ser enviados para:

KIRCHE IN NOT
Abteilung Lateinamerika II
Herrn Ulrich Kny
Bischof-Kindermann-Str. 23
61462 Königstein
GERMANY


Lido 43845 vezes