Na Planície de Nínive, no Iraque, existem 363 igrejas e outras propriedades eclesiais que foram danificadas ou destruídas pelo grupo autodenominado Estado Islâmico (EI) e agora precisam ser reconstruídas. As irmãs dominicanas Luma Khuder e Nazek Matty não escondem a ansiedade: "Esperamos poder retornar para Teleskuf o mais rápido possível. As famílias precisam de nós". Padre Andrzej Halemba, presidente do Comitê de Reconstrução de Nínive e responsável pelos projetos da ACN para o Oriente Médio, confirmou que "450 famílias já voltaram para Teleskuf" e espera que muitas outras possam fazer como eles.

Sexta, 30 Junho 2017 17:43

Apoio à vocação dos Mercedários

Escrito por

Guatemala: 15 seminaristas da Ordem dos Mercedários recebem apoio na sua formação dos benfeitores da ACN - Ajuda à Igreja que Sofre.

Quarta, 28 Junho 2017 16:37

Índia: nova capela para Tadepalligudem

Escrito por

Milhões de católicos em todo o mundo têm um profundo amor e devoção ao Menino Jesus de Praga. Essa pequena imagem de cera, com cerca de 18 centímetros de altura, retrata o Menino Jesus vestido como um Rei e segurando o globo em sua mão esquerda enquanto abençoa o mundo inteiro e todos os que estão nele com a mão direita. Acredita-se que a imagem original tenha sido um presente de casamento enviado por Santa Teresa de Ávila a uma nobre espanhola que viajava para Praga para se casar. Por cerca de 400 anos, a casa dessa imagem tem sido a igreja de Nossa Senhora das Vitórias, na capital tcheca, onde provou ser uma fonte infinita de graças e bênçãos.

Segunda, 26 Junho 2017 14:21

Irmãs evangelizam em região inacessível de Cuba

Escrito por

A congregação das Missionárias de Jesus Verbo e Vítima foi criada em 1961 no Peru. As irmãs trabalham sobretudo nas regiões em que há poucos sacerdotes. "Onde as estradas asfaltadas terminam, o trabalho das irmãs missionárias começa", diz o lema delas.

Quinta, 22 Junho 2017 15:28

Etiópia: Catequistas chegam até as crianças

Escrito por

O vicariato apostólico de Gambella encontra-se no extremo oeste da Etiópia, na fronteira com o Sudão do Sul. É uma região remota e subdesenvolvida, onde existe uma pobreza generalizada. Muitas das crianças estão visivelmente desnutridas, e existem conflitos intertribais recorrentes e intermitentes, sobretudo entre as tribos agrícolas já com residências fixas e as pastorais ainda nômades. O gado se alimenta dos cultivos dos fazendeiros, e eles estão tirando as pastagens tradicionais das tribos pastorais. Nesse conflito sobre recursos escassos, há confrontos frequentes e violentos.

Página 6 de 69